Cliente compra 0Km da Ford por R$ 46 mil e encontra carro sem os bancos na concessionária

No sábado (11), ao analisar melhor o carro, ela também se deu conta de que outra peça estava faltando: o protetor de cárter.

Uma cliente foi retirar o seu carro 0 km na última sexta-feira (10), em uma concessionária Ford de São Paulo, e encontrou o veículo sem os assentos e sem os estofamentos internos. O Ka 1.5, comprado por R$ 46 mil, foi encomendado com bancos de couro, que são opcionais.

"Quando eu já estava a caminho da concessionária (na hora do almoço), me disseram que havia um problema com o banco de couro. Cheguei lá e o carro estava só 'na lata'", conta Karina Suzuki, coordenadora de marketing, de 35 anos.

"Como precisava emplacar naquele dia, eles colocaram um assento, provisório, só do motorista, mas vi que não era seguro ir daquele jeito." Karina conta que, no fim do dia, entregaram o carro com os assentos e todo interior instalado. "Mas não consegui emplacar (por causa do horário) e estava sujo", afirma.

No sábado (11), ao analisar melhor o carro, ela também se deu conta de que outra peça estava faltando: o protetor de cárter. "Eles me prometeram instalar e fazer uma cristalização", disse. O negócio havia sido fechado no último dia 15 de março. No dia 26, protetor de cárter e bancos de couro foram adicionados ao pacote. Depois de Karina chegar e ver o carro sem os bancos, a loja deu o prazo até esta quinta-feira (16) para solucionar o problema.

Porém, após ser procurada, a concessionária entrou em contato com a consumidora e entregou o carro completo na terça-feira (14).

O que diz o Procon

De acordo com a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-SP), caso o fornecedor não entregue o produto na data combinada e sem os acessórios adquiridos, o consumidor poderá escolher entre exigir o cumprimento forçado da obrigação, aceitar outro produto equivalente ou cancelar a compra, com direito à restituição de quantia eventualmente antecipada, monetariamente atualizada.




Fonte: Auto Esporte