Novo Renault Duster começa a circular pelo Brasil; veja flagrante

Novo Renault Duster começa a circular pelo Brasil; veja flagrante

Novo Renault Duster começa a circular pelo Brasil; veja flagrante

Pouco mais de um mês após o lançamento do novo Sandero, já começam a circular pelo Brasil -- especificamente em Curitiba (PR), ao lado de São José dos Pinhais, cidade-sede da marca francesa -- algumas unidades do Renault Duster reestilizado. O modelo é a variação SUV da plataforma do hatch. Até o momento, ninguém falava em alterações para ele neste ano, mas o passeio desses carros semicamuflados sugere que alguma novidade pode surgir até mesmo no Salão do Automóvel de São Paulo, em outubro.

Na Europa, onde é vendido com o emblema da Dacia (divisão da Renault na Romênia), o Duster mudou já para o ano-modelo 2014. A principal alteração externa ficou por conta da grade frontal, que recebeu uma secção horizontal mais agressiva, com oito aberturas, lembrando (ao menos na intenção) a grade do Nissan Livina esportivo. Os faróis ganharam divisão interna (sob as lentes) mais complexa, como aconteceu com o Sandero.

O que você vê, isso sim, são lanternas traseiras com novo desenho, com filetes verticais para luzes de posição e horizontais para as de freio (na foto, ambas estão acionadas porque os Duster estão parados no farol).

Não deve haver mudanças importantes no trem-de-força do novo Duster, que continuaria com as opções de motor 1.6 e 2.0, além de câmbio manual de cinco marchas ou automático de quatro -- talvez entre na gama também o câmbio automatizado que a Renault vem prometendo para Sandero e Logan. O Duster 4WD, que hoje pode ter os pacotes Dynamique e TechRoad (série limitada), sempre com transmissão mecânica, deve continuar sendo oferecido, embora venda pouco. E segue a expectativa pela chegada do Captur, para ocupar um andar acima do Duster e brigar com o Chevrolet Tracker.

Fonte: UOL