Volkswagen lança Amarok 2015 com versão limitada

Para a nova linha, a marca alemã trouxe a versão Dark Label, série especial que terá apenas mil unidades comercializada


A Volkswagen lançou nesta sexta-feira a versão 2015 da Amarok, que estará disponível nas 600 concessionárias da montadora ainda este mês. Para a nova linha, a marca alemã trouxe a versão Dark Label, série especial que terá apenas mil unidades comercializadas e chega às lojas a partir da segunda quinzena de abril.

A principal novidade na Amarok 2015 está nos itens de série. Na nova versão, o veículo, que foi lançado no mercado brasileiro em 2010, vem de série com controle eletrônico de estabilidade, sistema de auxílio em subida (que deixa o carro até três segundos parado em ladeiras), controle de descida (que freia o modelo sozinho, mesmo quando em ponto morto), freios ABS off-road, bloqueio eletrônico de diferencial, sistema eletrônico de tração, além de tampa traseira com sistema de alívio de peso.

A Amarok também será a única picape média a ter faróis de neblina com luz estática para conversão, recurso que amplia a área iluminada em curvas feitas em velocidade igual ou inferior a 40 km/h. Sempre que os faróis estiverem ligados (fachos alto ou baixo) e a seta for acionada ou o motorista girar o volante, o farol de neblina do lado correspondente ao que o veículo estiver virando é acionado automaticamente. A tecnologia estará disponível nas configurações Highline e Trendline.

A versão topo de linha (Highline) possui ainda câmera traseira de ré com sensor de estacionamento dianteiro e traseiro.

Com a chegada da Dark Label, a Amarok passa a ser comercializada em sete opções de configuração, entre carroceria cabine simples e cabine dupla, tração 4x4 selecionável ou permanente, transmissão manual de seis marchas ou automática de oito marchas.

A versão S, oferecida em configurações de cabine simples e cabine dupla vem equipada com motor TDI com turbocompressor, capaz de gerar até 140 cavalos de potência. Nas versões SE, Trendline, Dark Label e Highline, o motor TDI tem dois turbos, o que eleva sua potência para 180 cavalos.

Internamente, o carro possui volante de direção multifuncional em couro, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro – sem câmara de ré –, revestimento dos bancos de couro, bancos com ajuste lombar e de altura, airbags laterais e sistema Isofix. A Volkswagen não confirmou o preço exato da picape, mas ele será vendida por cerca de R$ 140 mil.

De acordo com a marca, as outras versões devem manter os mesmos preços da linha 2014, mesmo com mais tecnologia e itens de série.

Fonte: Terra