Casa desaba e mata homem em MG; vítimas de chuva vão a 16

A chuva também provocou a queda de árvores e deslizamentos em Belo Horizonte

Uma casa desabou na manhã desta quarta-feira em Santa Rita do Sapucaí, na região sul de Minas Gerais, e matou José Maria da Silva, 38 anos. Segundo a Defesa Civil, outras cinco pessoas ficaram feridas: uma mulher de 33 anos e quatro crianças entre 10 e 12 anos. Com isso, sobe para 16 o total de mortes no Estado em decorrência da chuva desde o fim de novembro.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a família da vítima havia sido retirada na terça-feira da residência devido à estrutura da casa estar danificada. Hoje, porém, a família voltou ao local para buscar alguns pertences e fazer almoço.

Quando estavam na cozinha, o teto desabou e uma parte do concreto acertou a cabeça do homem. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. A mulher e os filhos foram levados para o hospital da cidade e não correm risco de vida.

A forte chuva que cai na região há mais de uma semana também provocou estragos materiais em Machado. Não houve vítimas, segundo a Defesa Civil.

Em Minas Gerais, até agora 51 cidades já decretaram situação de emergência. Segundo o balanço da Defesa Civil, as cidades de Miradouro, Miraí, Engenheiro Caldas, Eugenópolis e Itabirinha de Mantena agora também fazem parte da lista de municípios que contabilizaram prejuízos com os temporais.

Ainda segundo a Defesa Civil, estão mantidos os alertas de possíveis chuvas de forte intensidade nas regiões oeste, Campo das Vertentes, sul e Zona da Mata de Minas Gerais. Segundo o órgão, o volume de precipitação acumulado pode chegar a 100 mm.

Estragos em Belo Horizonte

A chuva também provocou a queda de árvores e deslizamentos em Belo Horizonte e região metropolitana. Somente nesta quarta-feira, o Corpo de Bombeiros atendeu 78 ocorrências de quedas de árvore em casas, fiações e vias públicas.

Nos bairros Concórdia e Bandeirantes, os moradores não conseguiram deixar as casas atingidas por duas árvores de porte grande. Ainda de acordo com os bombeiros, foram registrados quatro deslizamentos de encostas na região metropolitana. Ninguém ficou ferido.

Fonte: Terra, www.terra.com.br