Casa onde menina foi estuprada e morta fica destruída após revolta

O imóvel foi invadido por vizinhos que quebraram móveis e paredes

A casa do homem que teria alugado a garagem para Andreus Vieira Batista, de 34 anos, preso suspeito de estuprar e matar a menina de oito anos Angélica Barbosa Romasco, amanheceu destruída neste sábado (18) após um ataque dos vizinhos na noite de ontem.

Fonte: r7