Casal gay se torna 1º a ter trigêmeos biológicos com DNA de ambos

Christo e Theo Menelou queriam construir uma família.

Casais gays que querem ter filhos costumam ter muita dificuldade de encontrar uma maneira de tornar o sonho viável. Geralmente, casais heterossexuais são os primeiros a serem chamados em listas de adoção e encontrar uma barriga de aluguel é quase impossível, além de ilegal. Mas este casal gay sul-africano tirou a sorte grande e acaba de ter trigêmeos com o DNA dos dois pais.

Christo e Theo Menelou queriam construir uma família, mas enfrentavam muitas dificuldades. Até que conheceram uma vizinha que aceitou ser barriga de aluguel para eles. Para a inseminação, foi usado material biológico dos dois pais, buscando aumentar as chances de gravidez.

10 semanas depois, veio a surpresa: os médicos descobriram que dois óvulos haviam sido fecundados, um com o esperma de cada pai! Além disso, um destes dois embriões se dividiu, dando origem a duas meninas gêmeas. Contra as indicações dos médicos, que sugeriram que eles abortassem um dos embriões devido ao risco de uma gestação tripla para os bebês, eles levaram em frente a decisão.

Os três bebês nasceram prematuros e tiveram que permanecer durante três semanas no hospital, tempo em que Theo dormiu ao lado do trio. Agora, Joshua, Zoe e Kate já estão em casa e recebem todos os cuidados dos novos papais, que não poderiam estar mais apaixonados pelos bebês.

Image title

Image title

Fonte: Hypeness