""Querem dar uma rasteira no James"", afirma Robert Rios

""Querem dar uma rasteira no James"", afirma Robert Rios

O secretário de segurança Robert Rios foi um dos entrevistados do Programa Agora

O secretário de segurança Robert Rios foi um dos entrevistados do Programa Agora na Rede Meio Norte nesta quarta-feira(20). Na ocasião criticou a greve dos policiais e classificou o movimento como " o movimento dos braços cruzados", que segundo ele, não aumentou e nem diminuiu a violência no Estado.

" Não sou eu quem dá aumento salarial, se fosse, daria 240% ao invés de apenas 24%", disse.

CASO JAMES GUERRA

Para Robert Rios é preciso averiguar com muito cuidado. "Podem estar falando demais", disse ele. O secretário afirmou que a foto em que James aparece ao lado de um traficante famoso e procurado pela polícia, foi feita em Barramares, litoral do Piauí.

Ele acrescentou que isso pode ser uma armação contra o delegado James Guerra e não aceita armação e nem promoverá ninguém à custa disso. " É lamentável. Iremos investigar tudo, querem dá uma rasteira no James. E asseguro a todos que vou apurar todos os detalhes", declarou.

Ainda na entrevista, Robert criticou a CICO pelo vazamento da foto através da própria instituição e disse que nomeou uma comissão para investigar o referido órgão. " É inadmissível que um órgão desse tipo, deixe vazar coisas tão importantes", falou.

Segundo ele, a CICO tem boa estrutura oferecida pela Secretaria de Segurança, coisa que uma delegacia não tem. Em tom de decepção, ele afirmou: " Devia trabalhar com mais resguardo e aplicação para oferecer credibilidade. Se as investigações confirmarem as falhas de vazamento, a CICO poderá ser extinta e não vou poupar ninguém", finalizou.



FOTO: HÉLVIO MENESES



Fonte: Marcos Moraes