Centro de Teresina vira cracolândia na madrugada

Centro de Teresina vira cracolândia na madrugada

É que durante a noite, algumas das suas esquinas se transformam em cracolândias e alvo de arrombadores e assaltantes

O problema da violência no Centro de Teresina é antigo, mas de alguns anos para cá aconteceu uma intensificação. É que durante a noite, algumas das suas esquinas se transformam em cracolândias. São dezenas de pessoas viciada, a maioria que ganha a vida na prostituição e desse meio saem os arrobadores e assaltantes. Um trecho de Teresina marcado pela droga e violência são as ruas Firmino Pires, João Cabral e Teodoro Pacheco, que tem se transformado em território sem lei durante a noite.

Bastou que a equipe da TV Meio Norte tenha ficado por lá durante 10 minutos que foram gravados vários depoimentos que confirmam o fato. É uma estatística que causa espanto, quase todos os comerciantes e empresários tem uma história triste para contar.

?Eles arrombaram a porta, fizeram um buraco e entraram. Não deu tempo de levar nada porque o alarme acionou, mas é uma situação muito incômoda. Se não tiver alarme eles arrobam mesmo e levam tudo?, conta um comerciante que trabalha com uma loja de xerox e outros serviços.



Mesmo com cerca elétrica, alarme e outros meios de segurança eles ainda entram, não é impedimento pros arrombadores. Não sei como, mas eles conseguem?, conta outra comerciante da área cercada por usuários de drogas. Em seus depoimentos os comerciantes da área e ainda da Avenida Maranhão enfatizam a insegurança e a ação permanente dos bandidos que assaltam à mão armada, arrombam portas, destelham o teto e desfazem os forros dos estabelecimentos para roubar produtos, dinheiro, equipamentos e mercadorias.

Fonte: Marcilany Rodrigues