Centro Integrado de Reabilitação abre semana de combate ao AVC em Teresina

O evento contou com a participação de idosos atendidos pelo posto e profissionais de saúde

O Centro Integrado de Reabilitação (Ceir) e a Associação Reabilitar realizaram nessa sexta-feira (24), no posto de saúde do bairro Poty Velho, a abertura da programação da Semana Mundial de Combate ao AVC em Teresina.

O evento contou com a participação de idosos atendidos pelo posto e profissionais de saúde que atuam na região. A Semana de Combate ao AVC é desenvolvida na capital por meio do Projeto Pense Bem AVC, uma ação permanente que acontece durante todo o ano.

“É importante que todos estejam conscientes dos riscos que podem levar ao AVC. Estamos combatendo esse mal, valorizando nosso principal bem: nossa saúde, nossa vida”, destaca o neurocirurgião Benjamim Pessoa Vale, presidente voluntário da Associação Reabilitar.

A enfermeira Nancy Nay Loiola, que atua no posto de saúde do Poty Velho há mais de 10 anos, afirma que o projeto tem cumprido com sua meta de informar e orientar a população sobre como proceder para reduzir a incidência do Acidente Vascular Cerebral.

Já o médico Amando Moura Filho, clínico especialista em saúde da família, observa que o Pense Bem AVC é importante principalmente por intensificar as ações de combate ao AVC, formando“uma rede multiplicadora de conscientização entre as pessoas”.

Durante o evento no Poty Velho, profissionais de saúde realizaram procedimentos de aferição de pressão arterial, medida de peso, altura e cintura e cálculo de índice de massa corporal, além de distribuírem material informativo.

Também a Residência Multiprofissional de Saúde da Universidade Estadual do Piauí, formada por estudantes de diversas áreas de saúde, realizaram uma dramatização informativa, chamando atenção para o fato de o AVC atingir pessoas em qualquer idade e de qualquer sexo.

O evento de abertura da Semana de Combate ao AVC contou ainda com a presença das enfermeiras Mary Ângela Canuto e Cristiane Rocha, que atuam no Ceir e são responsáveis pela coordenação do projeto Pense Bem AVC.

Fonte: Jornal Meio Norte