Chevrolet Tracker chega às lojas brasileiras no mês de outubro e deve custar a partir de R$ 55 mil

Chevrolet Tracker chega às lojas brasileiras no mês de outubro e deve custar a partir de R$ 55 mil

O modelo virá, a princípio, importado do México

Anunciado pela Chevrolet na TV e na internet nos últimos dias, o Tracker deve chegar ao mercado brasileiro somente em outubro

O modelo virá, a princípio, importado do México (a General Motors ainda estuda fabricação nacional), para competir com Ford EcoSport e Renault Duster, já no mercado, e vindouros como Renault Captur, entre outros, não só em tamanho, mas também no preço.

O Tracker custará o mesmo que seus principais rivais, algo entre R$ 55 mil e R$ 75 mil, segundo o consenso entre funcionários de revendas da marca, que já faz pré-cadastro de clientes interessados. O EcoSport custa entre R$ 54.800 e R$ R$ 77.760.

Compacto -- são 4,24 m de comprimento (sem estepe na tampa traseira), 1,77 m de largura, 2,55 m de distância entre-eixos e 358 litros de porta-malas --, o SUVinho será equipado com o conjunto mecânico do Cruze, embora a GM ainda não confirme seus dados técnicos. "O Tracker terá motor 1.8 flex de até 144 cv com etanol e câmbio manual de cinco marchas ou automático de seis", disse um dos vendedores.









Fonte: UOL