Chinesa vive 42 anos com bala alojada na cabeça

A bala foi retirada durante uma cirurgia em um hospital de Chongqing

A chinesa He Wenying, de 65 anos, permaneceu por 42 anos com uma bala alojada na cabeça. A munição de 2,5 centímetros só foi retirada nesta quinta-feira (13) durante cirurgia em um hospital de Chongqing, segundo o jornal on-line "Sina".



Ela tinha levado o tiro em 1967 após a bala ricochetear na parede em um tiroteio durante a Revolução Cultural. Na época, os médicos haviam afirmado que ela tinha sido ferida superficialmente.

No entanto, devido às dores de cabeça e dificuldades alimentares, ela fez um raio-X, em 1978, que revelou que a bala estava alojada em sua mandíbula perto de sua orelha direita.

Apesar do raio-X ter mostrado que a munição estava em sua cabeça, a mulher tinha se recusado a passar por uma operação. No entanto, devido às fortes de dores que vinha sentindo, ela decidiu retirar o artefato.

Fonte: Globo, www.globo.com