Chip implantado em retina recupera visão de pacientes

Cientistas da Alemanha conseguiram implantar um chip capaz de recuperar a visão de pacientes.

Sete pessoas que perderam a visão devido à retinite pigmentosa - uma doença genética que ataca a retina causando a destruição progressiva de células - receberam o implante de um chip de três milímetros através de cirurgia. Segundo o site MedGadget, em nenhum dos pacientes houve rejeição ou complicações.

"Quando o microchip foi ligado, eu imediatamente me tornei capaz de distinguir luz da escuridão e a ver os contornos de objetos", diz um paciente, um finlandês de 45 anos, no comunicado à imprensa distribuído pela empresa Retinal Implant AG, que faz pesquisas de tecnologia em medicina. Desde os 16 anos ele teve problemas de visão até que aos 32 anos sua condição se deteriorou.

"Minha visão melhorou dramaticamente. Eu me tornei capaz de distinguir entre letras e palavras e entre uma faca, uma colher e um garfo".

De acordo com a empresa, o implante foi removido dos pacientes, seguindo um protocolo, após um prazo de um a três meses, mas um deles se recusou a aceitar nova cirurgia e o carrega há quatro anos. Os resultados da pesquisa deverão ser apresentados no dia 3 de maio, no encontro anual da Associação para a Pesquisa em Visão e Oftalmologia, em Fort Lauderdale, Flórida, nos Estados Unidos.

Ainda que se trate de uma técnica nova e que se só funcione com pacientes que perderam a visão progressivamente, a pesquisa, afirmou o site Engadget, é mais um passo para o uso de chips de computadores para recuperar - e aperfeiçoar - a visão humana.

Fonte: Terra