Chuva de domingo registrou 30% do previsto para o mês

Chuva de domingo registrou 30% do previsto para o mês

Teresina voltou a sentir a força dos temporais que surgiram em janeiro, como aconteceu no domingo, quando o índice pluviométrico chegou a 96,4 mm

Teresina voltou a sofrer na tarde de ontem com um forte temporal que atingiu todas as áreas da cidade. Os ventos fortes vieram acompanhados de muitos raios e trovões e espalharam, mais uma vez, o caos pela capital piauiense, com ruas alagadas e robustas enxurradas, colocando a vida de muitos teresinenses em risco, como já havia acontecido na noite de domingo.

Neste mês de janeiro, aliás, as chuvas vêm se intensificando e a de domingo foi uma das mais fortes do período. A meteorologista da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí (SEMAR), Sônia Feitosa, afirma que o índice pluviométrico deste dia representou 30% do que estava previsto para este mês. A previsão para esta semana é que chova todos os dias, no período da noite.

O índice pluviométrico de domingo foi de 96,4 mm. A meteorologista explica que em termos de capacidade isso significa dizer que em 1 m² de área choveu 96 litros. É dizer que o índice pluviométrico em milímetros significa que em um reservatório com a área da superfície de 1 m² existe a precipitação de uma quantidade de chuva suficiente para elevar o nível desse reservatório em sua medida vertical, sua profundidade, em milímetros.

De acordo com Sônia, este índice é muito alto e esta força dele foi sentida pela população teresinense com casas alagadas, árvores, placas e muros caídos pela cidade. colaboraram com esta situação. Somado à forte chuva, os ventos chegaram a 74,1 km/h e segundo a meteorologista eles seguiam em várias direções.

Previsões da SEMAR apontavam que o índice pluviométrico do mês de janeiro seria de 220 mm. Até agora já choveu 145 mm. Esta chuva dominical representa aproximadamente 66% do que choveu em janeiro até segunda-feira, os 145 mm.

Sônia adverte que apesar do alto índice, a média do trimestre - dezembro, janeiro, fevereiro - que é de 600 mm, deve se cumprir. ?As chuvas devem se comportar dentro da média ou abaixo da média?, explica a meteorologista. Ela afirma que a probabilidade de que esta média aconteça é de 45%; a de que o índice fique abaixo da média é de 35% e apenas os 20% restantes esperam que a quantidade de chuvas ultrapasse a média.

Para esta terça há previsão de chuva durante a noite.Sites de meteorologia apontam 5 mm. Contudo, Sônia adverte que estas previsões não podem ser consideradas ao pé da letra. Pois só é possível prever de fato a quantidade de chuva, pouco antes de acontecer a precipitação. Ela conta que a previsão para domingo era de 14 mm, porém isso não aconteceu e os índice foi quase 7 vezes maior do que esperado.

Fonte: Vicente de Paula