Chuvas elevam nível do Rio Parnaíba

Quem passa pelas margens do rio Parnaíba percebe que, nos últimos dias, o nível

Quem passa pelas margens do rio Parnaíba percebe que, nos últimos dias, o nível de suas águas subiu. O fato, que poderia ser explicado se tivesse havido liberação de águas do reservatório de Boa Esperança, está relacionado ao aumento de chuvas na região Sul do Estado, que já estão caracterizadas nessa região.

Airton Freitas Feitosa, gerente regional da Chesf no Piauí, garante que a companhia não liberou águas do reservatório de Boa Esperança. “As chuvas que estão ocorrendo na região Sul do Estado não foram suficientes para que liberássemos água dos reservatórios. Somente quando as chuvas se fizerem mais presentes no Estado, começaremos a liberar águas da barragem”, garante.

O gerente explica que o volume do reservatório útil do Reservatório de Boa Esperança está em 20,29% da sua capacidade e que só serão liberadas águas quando o inverno se fizer mais presente, o que deve ocorrer nos meses de fevereiro e abril. Airton Freitas acrescentou que a Usina de Boa Esperança está operando com sua capacidade máxima, com a utilização de quatro geradores. “Estamos operando com a capacidade máxima, utilizando quatro geradores, quando normalmente utilizamos dois. Com os quatro geradores, estamos gerando energia elétrica de 237 megawatts”, explica.

As chuvas que estão ocorrendo no Sul do Piauí acontecem em decorrência das atividades da Zona de Convergência do Atlântico Sul, onde há a atuação do centro de baixa pressão em altitude e aglomerados convectivos, além da contribuição dos ventos alísios do Sudeste. De acordo com o Boletim de Informações Climáticas da Gerência de Hidrometeorologia da Semar, a previsão é de que, na região Sul do Estado, as chuvas oscilem de normal a abaixo da média com distribuição espacial e temporal irregular, nessa primeira quinzena de dezembro.

Já na região central, a previsão é de que ocorram chuvas de pré-estação com irregularidade fluindo abaixo da normal e que, na região Norte, haja predominância de sol com ocorrências de chuvas em áreas isoladas. Mainard Medeiros diz que entre os dias 17 e 18 de dezembro, os meteorologistas estarão reunidos em Campina Grande, na Paraíba, para elaborar boletim climático com as previsões da segunda quinzena de dezembro.

Fonte: Mayara Bastos, Jornal Meio Norte