Cientistas criam queijo com bactérias dos pés e das axilas

Cientistas dos Estados Unidos e da Noruega produziram o alimento a partir da fermentação de bactérias do corpo humano

Já pensou em comer um queijo que tem o cheiro e o sabor do seu próprio corpo? Duas cientistas apostaram nesse alimento e criaram um queijo à base de bactérias extraídas dos pés e das axilas. As informações são do portal The Independent.


Cientistas criam queijo com bact駻ias dos p駸 e das axilas

Não é de hoje que as pessoas associam o cheiro do chulé com o de um pedaço de queijo. Foi a partir dessa semelhança que a cientista americana Christina Agapakis e a norueguesa Sissel Tolaas, especialista em odores, criaram um queijo.

Os micróbios foram reunidos para o projeto ?Selfmade?, uma exposição sobre a biologia sintética, em Dublin. No total, as especialistas criaram onze queijos a partir de fermentos provenientes da pele de artistas, cientistas, antropólogos e chefs de cozinha.

Cada queijo tem um gosto diferente porque reúne um conjunto exclusivo de micróbios. Mas as pesquisadoras ressaltam que o queijo não foi criado para ser consumido, mas para inspirar reflexões sobre a relação dos seres humanos com bactérias.

Segundo notas dos pesquisadores, os humanos vivem em um mundo biológico cercado por comunidades ricas de micro-organismos, mas em uma cultura que enfatiza a antissepsia. Porém, muitos dos queijos são hospedeiros de espécies de bactérias relacionadas com as responsáveis ​​pelos odores característicos de axilas ou de pés humanos.

Fonte: Exame