Cinegrafista da Record passa por intervenção cirúrgica após queda de helicoptéro

Cinegrafista da Record passa por intervenção cirúrgica após queda de helicoptéro

A aeronave caiu na manhã de quarta-feira enquanto fazia imagens de um acidente

O Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, informou, em boletim divulgado às 9h40, que o cinegrafista da TV Record que ficou gravemente ferido durante a queda de um helicóptero da empresa que matou o piloto Rafael Delgado na manhã de quarta-feira passou por intervenções cirúrgicas para controlar a hemorragia na região torácica e abdominal e o inchaço cerebral.

Segundo o hospital Alexandre Silva de Moura permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele permanece em coma induzido e seu quadro é considerado grave.

A aeronave caiu na manhã de quarta-feira enquanto fazia imagens de um acidente nas proximidades do Jockey Club. Os bombeiros foram acionados para atender o caso às 7h26.

Segundo a emissora, o cinegrafista chegou ao hospital Itacolomy/Butantã consciente, confuso e sem ferimentos externos. A TV afirmou ainda que o piloto Rafael Delgado, que trabalhava havia mais de dez anos para a empresa, avisou que teria que voltar para o Campo de Marte para pousar, mas não teve tempo e acabou tendo que procurar um local descampado para evitar um acidente de maiores proporções.

Fonte: Terra, www.terra.com.br