Clubes e FFP discutem Campeonato Piauiense de 2015

Clubes e FFP discutem Campeonato Piauiense de 2015

Afastados do estadual, os dois times apresentam pendências junto à Federação e terão de regularizar-se. Além disso, passarão pela análise dos demais clubes

Uma longa conversa a portas fechadas. Foi dessa forma que os primeiros passos do Campeonato Piauiense de 2015 foram dados, na tarde de ontem. Cesarino Oliveira, presidente da Federação Piauiense de Futebol, recebeu representantes de River, Piauí, Flamengo-PI, Parnahyba, Picos, 4 de Julho e Caiçara na sede da entidade. Em pauta: as primeiras discussões sobre o torneio, e um ponto especial: as participações de Comercial e Picos.

Afastados do estadual, os dois times apresentam pendências junto à Federação e terão de regularizar-se. Além disso, passarão pela análise dos demais clubes, que decidirão sobre a inclusão das duas equipes no torneio. Para isso, um novo encontro foi marcado para 25 de novembro, data em que a tabela do campeonato deverá ser finalizada. Até lá, são aguardados também os posicionamentos de Barras e Cori-Sabbá, que não mandaram representantes para o encontro desta terça.

Por enquanto, sabe-se que o formato será o mesmo do ano passado, já que, segundo Cesarino, a federação planejou originalmente que ele fosse usado tanto para 2014 quanto para 2015. A grande novidade é que o campeonato deve começar apenas em março, em vez de iniciar-se no final de janeiro. O objetivo é evitar problemas por conta da participação de River e Piauí na Copa do Nordeste de 2015.

Batista Pereira, diretor de imprensa do time de Picos, demonstrou confiança no futuro da equipe. “Participamos da reunião como ouvintes, e não chegamos ainda a um consenso sobre a presença da equipe do Picos na competição. Nosso presidente vai encaminhar um pedido à Federação a aos demais clubes para que aceitem que sejamos incluídos no campeonato. Queremos, sim, participar”, disse ele.

Em meio à preparação do campeonato, os times correm atrás de suas definições. No Piauí, o presidente Jacob Júnior aguarda um acerto a respeito do técnico Paulo Ricardo Moroni, que levou o rubroanil ao vice-campeonato deste ano. “Temos uma reunião com o professor Moroni agora em novembro, na qual esperamos chegar a uma definição”, disse o dirigente. No momento, o enxuga rato busca em sua base os nomes que farão parte do elenco para o estadual e o nordestão.

O 4 de Julho, que fez uma empolgante campanha neste ano, também já se movimenta. “Vamos buscar parcerias e também apoio, para buscar mais uma vez honrar nossas tradições. O 4 de Julho já foi bicampeão piauiense, temos história, e queremos manter essa chama acesa”, disse Edilson Moreira, diretor de futebol da equipe colorada de Piripiri.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: Dowglas Lima