CMEI tem capacidade para 240 alunos em Teresina

CMEI tem capacidade para 240 alunos em Teresina

Teresina acaba de ganhar seu primeiro Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) com o padrão do programa Proinfância. O Cmei André Diuare Almeida foi entregue nesta quarta-feira (13), pelo prefeito de Teresina, à população do Vamos Ver o Sol, zona Sul da capital.

Quem está comemorando este avanço é a comunidade do Vamos Ver o Sol e adjacências. Segundo a dona de casa Domingas Rodrigues, a instalação do CMEI vai beneficiar bastante os moradores da região. 

“Agora a gente pode sair para trabalhar com a certeza de que nossos filhos estão seguros, bem cuidados”, avalia Domingas, que é mãe de Franciele da Silva, de 2 anos.

O CMEI André Diuare Almeida receberá crianças de seis meses a cinco anos de idade. A capacidade total de atendimento é de 240 crianças, distribuídas nos turnos da manhã e tarde. 

A estrutura do Centro contempla duas salas de Berçário, duas salas de Maternal I, duas salas de Maternal II, duas salas de Pré-escola, fraldário, espaço para banho de sol, sala de leitura, laboratório de informática, banheiros adaptados, playground, dentre outros espaços relacionados aos blocos administrativos e de serviços.

A obra custou cerca de R$ 1,4 milhão e é uma parceria da Prefeitura de Teresina com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
Para Firmino Filho, a inauguração caracteriza-se como um divisor de águas. “Com este Centro, uma nova história começa a ser contata em Teresina. 

Nenhuma escola da capital, seja pública ou particular, tem a estrutura que o CMEI André Diuare tem. E esta é a política da nossa administração. Nós estamos dando um salto de qualidade tanto no acesso à Educação, quanto no serviço prestado por essas unidades de ensino”, disse.

Já o secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma, reforçou a importância do CMEI para a comunidade.

“Esta não é qualquer escola, não é qualquer espaço. E, por isso, pedimos que a comunidade também se empenhe para manter esse Centro bonito, em pleno funcionamento, pois a nossa meta é que as crianças matriculadas aqui já saiam alfabetizados para o Ensino Fundamental”, acrescentou.

Homenagem - A escola recebe o nome do pequeno André Diuare, que morou na comunidade e faleceu em um acidente de trânsito, comovendo a todos. 

A homenagem foi uma reivindicação dos moradores, prontamente atendida pelo prefeito. Para agradecer a iniciativa e conferir de perto a estrutura, a família do garoto esteve presente na inauguração, agradecendo pessoalmente a justa homenagem.

A solenidade teve a apresentação do Cordão Grupo de Dança e da Banda 16 de Agosto. Participaram também técnicos da Secretaria Municipal de Educação, lideranças comunitárias e educadores de escolas municipais da região.

Fonte: Jornal Meio Norte