Codevasf disponibiliza ouvidoria para ações desenvolvidas no Piauí

O cidadão pode se identificar ou fazer denúncia anônima.

A ouvidoria da Codevasf está disponível aos cidadãos para esclarecimento de dúvidas e recebimento de denúncias, sugestões e elogios relativos às políticas e ações desenvolvidas pela empresa em sua área de atuação. O trabalho foi instituído em agosto de 2006 e tem como premissa o atendimento claro e objetivo das solicitações da população beneficiada pela Codevasf nos estados da Piauí, Bahia, Sergipe, Alagoas, Maranhão, Pernambuco e Minas Gerais. 

 As demandas chegam à ouvidoria de acordo com o canal escolhido pelo cidadão: atendimento telefônico (gratuito), formulário eletrônico, correspondência, atendimento presencial, entre outros. Para acessar o serviço, o cidadão pode identificar-se, pedir sigilo e também fazer denúncias anônimas. 

“A importância da ouvidoria, não só na Codevasf, mas em qualquer órgão público, é que ela contribui para que os usuários e, sobretudo os cidadãos, participem da gestão da empresa”, destaca o presidente da Companhia, Felipe Mendes. 

Em 2014, o principal canal utilizado pelos usuários para acesso ao órgão foi o telefônico, representando cerca de 86% das manifestações. O serviço é gratuito e indicado para pessoas que precisam de uma resposta simples e direta. O atendimento ocorre de 2ª a 6ª (exceto feriados), das 8h30 às 17h30. Para acessar este serviço, é só ligar: 0800 610021, opção 3, ou pelos telefones: (61) 2028-4610 / (61) 2028-4732. As respostas da ouvidoria podem ocorrer por endereço postal ou por meio eletrônico (e-mail).

 De acordo com a ouvidora da Codevasf, Rita de Cássia Costa Minervino, em 2015, ocorreu uma mudança de comportamento dos usuários em relação ao uso dos canais oferecidos pela Codevasf. “As pessoas estão recorrendo com maior frequência aos canais disponibilizados por meio eletrônico, seja pelo portal do Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal (e-OUV) ou por meio do e-mail [email protected], destaca. 

O Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal é simples, fácil e oferece diversas vantagens aos usuários. No e-OUV, os usuários podem cadastrar, consultar, acompanhar e atualizar as manifestações, que devem ser respondidas dentro de 20 dias, prorrogáveis por mais 10. Nele, os usuários também podem fazer manifestações anônimas. Para ter acesso ao portal basta acessar sistema.ouvidorias.gov.br. 

 “Além do sistema e-OUV, está disponível o Sistema Eletrônico do Serviço de Informações ao Cidadão (e-SIC) – fundamentado pela LAI, a Lei de Acesso a Informação – que permite a solicitação de informações no âmbito das atividades da empresa”, completa Rita de Cássia. “Atualmente, a equipe da ouvidoria trabalha para aderir ao Sistema Eletrônico de Informações (SEI)”, finaliza. 

Neste ano, a ouvidoria da Codevasf já registrou cerca de 400 manifestações de cidadãos, entre dúvidas, reclamações, denúncias, sugestões e elogios. Os usuários dos estados da Bahia, Minas Gerais e Piauí foram os que mais recorreram ao atendimento do órgão. 

 “Eu considero muito importante o papel da ouvidoria. Essa é a visão que tenho, e gostaria que todos os beneficiários das ações da Codevasf continuassem se dirigindo a Codevasf, por meio da ouvidoria, porque isso mostra o interesse de todos pelo melhor desempenho da empresa”, avalia Felipe Mendes.

Fonte: Assessoria