Colegas acham petroleiro morto em plataforma

Petroleiro sofre infarto em plataforma da Bacia de Campos, RJ, diz empresa

Um trabalhador morreu em uma plataforma de petróleo no Campo do Peregrino, na Bacia de Campos. A empresa prestadora de serviços Wood Group confirmou nesta terça-feira (22) que Clalp Adriano Gomes da Silva, de 43 anos, foi vítima de um infarto. O corpo dele foi encontrado por colegas de trabalho em sua cabine da Plataforma B por volta das 7h30 da manhã de segunda-feira (21). Adriano era morador de Itaperuna, no Noroeste Fluminense, e deixou esposa e dois filhos, de 12 e 10 anos.

Ele era funcionário da prestadora de serviços Wood Group e trabalhava há cerca de 2 anos na plataforma da empresa norueguesa Statoil, que fica a 85 Km mar adentro, no Rio de Janeiro.



A família afirmou desconhecer que Adriano tinha algum histórico de problemas de saúde. O corpo dele foi removido do Instituto Médico Legal de Macaé na manhã desta terça-feira (22) e vai ser velado a partir das 13h na Igreja Assembleia de Deus do bairro Cidade Nova, em Itaperuna. A família ainda não informou a hora e local do sepultamento.

A Wood Group e a Statoil enviaram uma nota à imprensa dizendo que presta assistência aos familiares da vítima e lamentando o ocorrido.

?Assim que o colaborador foi encontrado, a equipe médica da plataforma fez todo o possível para reanimá-lo. Infelizmente, nada pode ser feito e ele foi declarado morto?, informou a nota das empresas.

Fonte: G1