Colégios de Teresina receberão projeto "Lei Maria da Penha nas escolas"

A expectativa para esse ano é atingir o maior número de escolas", afirma a gerente.

Com o objetivo de diminuir os elevados índices de violência contra a mulher no Piauí, a Secretaria da Educação e Cultura (Seduc), em parceria com o Ministério Público Estadual, vai implantar em todas as unidades escolares o projeto "A Lei Maria da Penha nas Escolas: Desconstruindo a violência, construindo o diálogo".

De acordo com o projeto, durante uma semana, a equipe multidisciplinar do Núcleo de Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid) juntamente com assistentes sociais e psicólogo realizarão palestras de capacitação para professores, alunos e familiares em escolas.

Natalli Oliveira, gerente de Inclusão e Diversidade da Seduc, explica que os professores são formadores de opinião e com uma capacitação adequada é possível que eles orientem seus alunos para combater a violência contra a mulher.

"Neste primeiro momento vamos nós reunir com diretores e coordenadores das Gerências Regionais de Teresina, para apresentar a proposta do projeto que visa desenvolver ações de enfrentamento e prevenção à violência doméstica e familiar. A expectativa para esse ano é atingir o maior número de escolas", afirma a gerente.

Natalli afirma ainda que a educação é uma grande parceira no combate à violência doméstica no Estado, por isso a importância de disseminar a Lei Maria da Penha dentro da comunidade escolar. "Infelizmente, muitos alunos têm maus exemplos dentro de casa.

Muitos veem os pais agredindo as mães e não sabem o que fazer para ajudar. Essa capacitação, com certeza, é muito importante para orientá-los a auxiliar no bem estar de suas famílias", finaliza. As atividades devem ter início na primeira quinzena de abril.

Fonte: Ananias Ribeiro