Com 100 anos, idosa garante que irá para Caminhada da Fraternidade

Dona Graça Mota irá fazer o percusso em uma cadeira de rodas

A Caminhada da Fraternidade é, antes de tudo, uma grande mostra da fé do povo teresinense. Durante o percusso é comum ver pessoas pagando penitências, como fazer a caminhada sem calçados, por exemplo. 

Outras pessoas não perdem nenhuma edição do evento, mesmo que as limitações corpo e da idade sejam um empecilho. É o caso da senhora Graça Mota, que tem 100 anos de idade e faz questão de participar da Caminhada da Fraternidade em todos os anos. 

Mãe de 12 filhos, dona Graça Mota, conta o que a motiva a participar desse evento tão importante no calendário da Igreja Católica de Teresina. "Tem que rezar muito. Tem que se entregar a Deus, à palavra de Deus", afirma. 

Embora ainda tenha pique para fazer o percusso da caminhada a pé, por precaução a senhora participa do evento em uma cadeira de rodas, o que não diminui a animação. 

"Se na cadeira de rodas está animado, imagine se ela andando. Ela cantava, dançava, tirava fotos, era uma caminhada que ela não cansava", explicou uma das filhas da idosa. 


Dona Graça Mota (Crédito: Reprodução)
Dona Graça Mota (Crédito: Reprodução)


Fonte: Portal Meio Norte