Com 50 kg, menino de 5 anos sofre com obesidade e busca tratamento

Criança sente dificuldade para se movimentar e tem sono ruim, segundo mãe


Com 50 kg, menino de 5 anos sofre com obesidade e busca tratamento

Com 49,5 kg, o pequeno João Lucas, de cinco anos de idade, de Tauá (CE), sofre com a obesidade. Com dificuldades para tratar o menino, a família viajou a São Paulo tentar ajuda.

O menino tem dificuldades para se movimentar e fazer atividades compatíveis com sua idade. De acordo com a mãe, ele sofre para brincar, subir as escadas de casa e até dormir. Segundo João Lucas, ele não aguenta "brincar muito", pois sente "dores no peito".

? Na escola, os meninos têm medo de mim porque eu sou gordo e eles são magros.

Uma das tias que ajudam a cuidar do garoto disse que precisa esconder as comidas em cima da geladeira, pois o menino "quer comer o tempo todo".

A mãe de João, Luiza Alexandre, os medicos dizem que ele está muito gordo e muito pesado para uma criança de cinco anos.

Antigamente, criança gordinha era sinônimo de saúde. Atualmente, a obesidade infantil é uma questão preocupante. Segundo dados do Ministério da Saúde, uma em cada três crianças está acima do peso e dois em cada dez adolescentes estão "gordinhos".

De acordo com o cardiologista Francisco Fonseca, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), "o excesso de peso está associado à elevação da pressão arterial, aumento das gorduras no sangue, diminuição do colesterol bom, diabetes, inflamação do organismo, além do aumento de derrames".

Fonte: R7, www.r7.com