Com bebê no colo, mãe de 17 anos chega atrasada à prova da Unicamp

Mesmo estando de carro, encontrou trânsito pela frente e não chegou a tempo

Os portões dos locais de prova do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) foram fechados às 13h45 deste domingo (15). Nem quem chegou no minuto seguinte conseguiu entrar. Foi o caso da vestibulanda Graicy Vital, 17 anos.

Ela saiu às 12h40 de casa, no Tucuruvi, na Zona Norte de São Paulo, com a mãe e o filho recém-nascido, Enzo, de apenas 14 dias. Mesmo estando de carro, encontrou trânsito pela frente e não chegou a tempo no prédio na Aclimação, região central, onde faria a prova da primeira fase.

Durante o exame, o plano de Graicy era deixar o bebê aos cuidados da mãe. Chorando muito, ela não se conformava de ficar de fora do vestibular. ?Preciso de um emprego, preciso de uma ocupação?, disse a estudante, que tentava uma vaga em medicina.

As provas tiveram início a partir das 14h. Os candidatos deverão fazer uma redação e responder a 12 questões discursivas de biologia, física, geografia, história, matemática e química.

Neste ano, a instituição recebeu um número recorde de inscrições: 55.475. Estão em disputa 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).

Fonte: g1, www.g1.com.br