Com doença rara, jovem coça o rosto o tempo todo e provoca várias feridas

Com doença rara, jovem coça o rosto o tempo todo e provoca várias feridas

Samantha Wake chega a passar seis horas por dia em frente ao espelho

Samantha Wake, de 20 anos, sofre de uma doença rara que a deixa desesperada. Diagnosticada com dermatillomania, a jovem não consegue parar de coçar seu rosto. Segundo Samantha, ela vê em sua pele cheia de imperfeições e sente necessidade de retirá-las com as unhas.

Com diversas cicatrizes espalhadas pelo rosto ? por causa de sua compulsão, Samantha afirma que coça até que não perceba mais a tal imperfeição.

― Todos os dias me olho no espelho, vejo alguma coisa que não gosto e não sossego até arrancar tudo com as unhas. Preciso ter a certeza que não existe mais nada ali.

Segundo a jovem, sua compulsão é tão grande que ela já chegou a perder alguns dias de aula para ficar retirando imperfeições em frente ao espelho.

― Às vezes percebo que estou há horas em frente ao espelho espremendo meu rosto. Já perdi aulas, encontros com amigos e festas de família por causa dessa doença. Estou tentando melhorar, mas é uma batalha difícil.

Por causa das feridas, Samantha conta que tem que usar uma espessa camada de maquiagem para sair de casa, já que as pessoas costumam estranhar sua aparência.

― Mesmo com a maquiagem, as pessoas me perguntam o que tem de errado com o meu rosto. Por mais que eu morra de vergonha, sempre tento explicar minha situação, mas nem todo mundo entende.

Atualmente, a jovem passa por tratamentos psicológicos para amenizar sua obsessão em coçar o rosto.

― Espero que um dia fique livre dessa doença, mas, até lá, espero que possa mostrar as pessoas que minha compulsão é uma doença e que não é apenas um problema de vaidade.

Fonte: r7