Com incentivos, empresas investiram R$ 27 milhões no Piauí

A concessão dos incentivos fiscais possibilitou geração de empregos

O Conselho de Desenvolvimento Industrial do Piauí (Codin), vinculado à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet), apresentou o relatório que contém a lista de empresas que foram beneficiadas no estado, no ano de 2015, com incentivos fiscais. O relatório traz um balanço das empresas instaladas no Piauí. Ao todo, foram 17 empreendimentos contempladas no ano passado, que investiram aproximadamente R$ 27 milhões de reais.

A concessão dos incentivos fiscais às 17 empresas que foram instaladas no Piauí possibilitou ao estado a geração de mais de 460 empregos diretos e quase 2.230 contratações indiretas.

Para o secretário da Sedet e presidente do Codin, Nerinho, as concessões mostram a iniciativa do Governo do Estado em promover o desenvolvimento do Piauí. “A implantação dessas novas indústrias fortalece a economia do estado, tendo em vista que os incentivos geram mais empregos”, destacou o gestor.

O Conselho

O Codin é responsável pela normatização do setor industrial no Piauí. Cabe ao conselho formular a política industrial do estado, aprovar concessões de regime especial concedido pela nova lei de incentivos fiscais do Piauí e avaliar o desempenho das empresas beneficiadas, entre outras atividades.

O conselho é composto por membros da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Tecnológico (Sedet), Federação das Indústrias do Estado do Piauí (Fiepi); Banco do Nordeste (BNB); Associação Piauiense de Municípios (APPM); Associação Industrial do Piauí (AIP); Secretaria de Fazendo do Piauí (Sefaz); e Secretaria de Estado do Planejamento do Piauí (Seplan).

Fonte: Com informações do Portal do Governo