Começou! Feirão More Bem aquece setor imobiliário no PI

O pre­si­den­te do SIN­DUS­CON-PI, And­ra­de Jú­nior, a­fir­ma que a ex­pec­ta­ti­va pa­ra es­ses três dias de fei­rão é das me­lho­res

Quem bus­ca o­por­tu­ni­da­des pa­ra adqui­rir a ca­sa pró­pria não po­de per­der o Fei­rão Mo­re Bem que tem i­ní­cio ho­je e pros­se­gue du­ran­te to­do o fi­nal de se­ma­na no Em­pó­rio João XXII. O e­ven­to é fru­to de uma valio­sa par­ce­ria ent­re o Sin­di­ca­to das In­dús­trias da Cons­tru­ção Ci­vil (SIN­DUS­CON) com a Cai­xa E­co­nô­mi­ca Fe­de­ral. Na sua se­gun­da e­di­ção, o e­ven­to é mo­ti­vo de mui­ta ex­pec­ta­ti­va pa­ra o se­tor i­mo­bi­liário piauien­se jus­ta­men­te pe­lo gran­de su­ces­so da ini­cia­ti­va.

O pre­si­den­te do SIN­DUS­CON-PI, And­ra­de Jú­nior, a­fir­ma que a ex­pec­ta­ti­va pa­ra es­ses três dias de fei­rão é das me­lho­res. ?Pa­ra quem de­se­ja fi­nan­ciar a sua ca­sa pró­pria es­te é o mo­men­to. De­zem­bro é um mês es­pe­cial, as pes­soas que­rem co­me­çar o ano com boas e­ner­gias e na­da me­lhor do que i­ni­ciar mo­ran­do na sua ca­sa pró­pria?, in­cen­ti­va And­ra­de Jú­nior.

Du­ran­te to­da fei­ra que irá con­tar com ser­vi­ços di­ver­si­fi­ca­dos li­ga­dos ao se­tor i­mo­bi­liário o vi­si­tan­te in­te­res­sa­do em fe­char ne­gó­cio vai ter a­ces­so a di­fe­ren­ciados emp­reen­di­men­tos e a vá­rias fa­ci­li­da­des de finan­cia­men­to o­fe­re­ci­das pe­la equi­pe de fun­cio­ná­rios da Cai­xa E­co­nô­mi­ca Fe­de­ral que são espe­cia­li­za­dos na á­rea. Até do­min­go, dia 06, os fun­cio­ná­rios da Cai­xa i­rão a­gi­li­zar o finan­cia­men­to de i­mó­veis com pre­ços que de­vem va­riar na fai­xa de R$ 40 mil até R$ 500 mil. No ca­so dos emp­reen­di­men­tos po­pu­la­res, quem tem in­te­res­se em e­fe­tuar a sua com­pra po­de ain­da con­tar com o in­cen­ti­vo do go­ver­no fe­de­ral que es­tá dan­do sub­sí­dios de até R$ 17 mil pa­ra as fa­mí­lias de bai­xa ren­da.

Pa­ra o pre­si­den­te do Con­se­lho Regio­nal de Cor­re­to­res de I­mó­veis CRE­CI-PI, João Ba­tis­ta Paz Bri­to o ce­ná­rio i­mo­bi­liário piauien­se é um dos me­lho­res se­to­res pa­ra se in­ves­tir, se­ja no que se re­fe­re à mo­ra­dia, bem co­mo pa­ra aque­les in­ves­ti­do­res que adqui­rem i­mó­veis com a in­ten­ção de a­lu­gá-los. ?A tão te­mi­da cri­se não che­gou a a­tin­gir o mer­ca­do, o que hou­ve foi a­pe­nas um re­ceio mo­men­tâ­neo por par­te de in­ves­ti­do­res, mas co­mo a cri­se não se con­so­li­dou, o mer­ca­do vol­tou for­te e es­tá aí em ple­no vapo­r?, en­fa­ti­za o pre­si­den­te do CRE­CI-PI ao fa­lar sob­re o aque­ci­men­to do se­tor i­mo­bi­liário.

Fonte: Mar­ci­la­ny Rod­ri­gues