Comida contaminada: veja casos em que até ratos são encontrados dentro de alimentos pelo Brasil

Comida contaminada: veja casos em que até ratos são encontrados dentro de alimentos pelo Brasil

Entre os casos, um engenheiro encontrou larvas dentro de uma caixa de chocolate

Cuidado com o que você come! Muitos casos de alimentos contaminados colocaram o consumidor em alerta. Na última quarta-feira (8), o Ministério Público informou que o esquema de adulteração de leite feito por empresas no Rio Grande do Sul ocorria em locais sem higiene, com água de poços sem tratamento. Uma ação deflagrada pelo órgão prendeu oito pessoas e retirou de circulação vários lotes.

A Anvisa determinou por um período a suspensão imediata da fabricação, distribuição e comercialização de todos os sabores do suco Ades, da Unilever, no Brasil. O caso aconteceu após um produto de limpeza ser misturado com a bebida. Alguns consumidores chegaram a ter a boca queimada depois de beber o produto em março deste ano.

Um jovem de Matão (SP) chegou a comer alguns salgadinhos, mas sentiu que eles estavam murchos e jogou em uma panela. Foi quando encontrou um rato em decomposição. O caso ocorreu no ano passado.

O engenheiro Ricardo Marchezini, de 35 anos, comprou chocolate com larvas em um supermercado de Campinas, no interior de São Paulo. Ao encontrar os insetos, ele fotografou e divulgou o caso em uma rede social, na segunda-feira (6).

Um jovem encontrou uma barata misturada à massa do pão enquanto comia um sanduíche da lanchonete Subway de um shopping em Taguatinga, região administrativa do Distrito Federal, em agosto do ano passado. Ele disse que chegou a comer metade do lanche e que depois começou a revirar o pão, foi então que viu a barata.

A empresa Nestlé Brasil foi condenada a pagar indenização de R$ 5.000 para uma consumidora que ingeriu bombons com larvas no Rio Grande do Sul. A empresa recorreu em primeira instância, mas foi condenada na segunda, em abril de 2012. A mulher e seus familiares, que também haviam consumido os bombons, alegaram ter sentido náuseas, necessitando de atendimento médico.

A atriz Pérola Faria foi comer uma salada em uma rede de fast food e encontrou um bicho no meio da comida. Revoltada, ela fez questão de reclamar no Twitter. A rede de alimentos afirmou que entrou em contato com a atriz para "entender melhor o caso".

A professora Paula D?arc Procópio encontrou fungos e larvas em uma lata de patê de atum. O produto foi comprado em Brazlândia, região administrativa do Distrito Federal, em março deste ano. Segundo a professora, o alimento estava dentro do prazo da data de validade indicada na embalagem.

Fonte: r7