Comoção marca visita da padroeira do Brasil a penitenciárias no PI

A visita aconteceu na Casa de Custódia e Penitenciária Feminina

A visita da imagem de Nossa Senhora Aparecida à Casa de Custódia e Penitenciária Feminina de Teresina, neste sábado (10), foi marcada por momentos de fé e emoção. Os internos de ambas unidades tiveram contato direto com a imagem, que veio de Aparecida, em São Paulo, numa excursão que comemora o Jubileu de 300 anos de aparição da santa católica no Rio Paraíba do Sul.

“Fechei os olhos com força e pedi a ela apenas por minha família. Quando toquei a imagem, senti um alívio e uma paz profunda no meu coração”, diz o detento Robson Santos, que é devoto de Nossa Senhora Aparecida e se manteve de joelhos e em posição de oração durante a presença da imagem.

A diretora da Penitenciária Feminina de Teresina, a socióloga Socorro Godinho, explica que a religiosidade é um elemento social integrativo. Para a gestora, os benefícios vão desde a mudança de comportamento até a reinserção social.

“Notamos que as reeducandas estão, além de mais calmas, mais solidárias e compreensivas. Fazem preces antes e depois das atividades e estão, também, mais próximas das famílias. Toda essa interação através da fé está nos garantindo maior eficácia na ressocialização e também a humanização nas práticas dentro da unidade”, pontua Socorro.

O subsecretário de Justiça do Estado, Carlos Edilson Sousa, explica que o apoio espiritual dentro das unidades prisionais é um garantia prevista na lei e um dos pilares de trabalho da Secretaria de Justiça do Piauí, junto com o incentivo à educação e o trabalho, no desenvolvimento de ações de humanização e ressocialização.

“Este é um momento abençoado para todos nós. Fizemos questão de proporcioná-lo aos reeducandos e reeducandas, porque acreditamos que a fé pode transformar as pessoas. Gostaria, também, de agradecer a todos os agentes penitenciários e policiais militares pela colaboração para tornar esta ocasião de compartilhamento espiritual possível”, destaca Carlos Edilson.



Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Portal MN