159 vagas para Analistas e Técnicos Judiciários no TRT da 7ª Região

A remuneração para os cargos será de R$ 6.611,39 para Analistas e de R$ 4.052,96 para Técnicos

 O Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região (www.trt7.jus.br), em contrato com a Fundação Carlos Chagas, realizará Concurso Público para provimento de cargos vagos do Quadro Permanente de Pessoal.

As vagas são para as áreas de Analista Judiciário - Área Administrativa (9), Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Arquitetura (1), Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Comunicação Social (1), Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Engenharia Civil (1), Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Engenharia Elétrica (1), Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Estatística (1), Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Fisioterapia (1), Analista Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Tecnologia da Informação (6), Analista Judiciário - Área Judiciária (41), Analista Judiciário - Área Judiciária - Especialidade Execução de Mandados (19), Técnico Judiciário - Área Administrativa (45), Técnico Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Transporte (8), Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Enfermagem (1), e Técnico Judiciário - Área Apoio Especializado - Especialidade Tecnologia da Informação (24).

A remuneração para os cargos será de R$ 6.611,39 para Analistas e de R$ 4.052,96 para Técnicos, com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Das Inscrições: * As inscrições para o Concurso serão realizadas exclusivamente através da Internet, no endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br, no período das 9h00 do dia 10 de agosto até às 14h00 do dia 14 de setembro de 2009, observado o horário de Brasília.

O valor da taxa de inscrição para os cargos será de R$ 63,37 para cargos de Nível Superior, e de R$ 49,37 para cargos de Nível Médio, devendo ser efetuado até a data do vencimento. * Serão aceitos pedidos de isenção do pagamento do valor da inscrição, ao cidadão amparado pelo Decreto nº 6.593, de 2 de outubro de 2008, que comprove estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico e renda familiar mensal igual ou inferior a três salários mínimos ou renda familiar per capita de até meio salário mínimo mensal, conforme o referido Decreto.

As inscrições com isenção somente serão realizadas via Internet, no período das 9h00 do dia 10 de agosto até às 14h00 do dia 13 de agosto de 2009 (horário de Brasília). A partir de 17 de setembro de 2009 o candidato deverá conferir no endereço eletrônico, se os dados da inscrição foram recebidos e o valor da inscrição foi pago. Em caso negativo, o candidato deverá entrar em contato com o Serviço de Atendimento ao Candidato - SAC da Fundação Carlos Chagas, pelo telefone (11) 3721-4888, de segunda a sexta-feira, úteis, das 10h00 às 16h00 (horário de Brasília), para verificar o ocorrido.

Para todos os Cargos/Áreas/Especialidades, o Concurso constará de Provas Objetivas de caráter classificatório e eliminatório, com questões objetivas de múltipla escolha, e para o cargo de Técnico Judiciário - Área Administrativa - Especialidade Transporte, haverá Prova Prática de Direção Veicular. * A aplicação das Provas Objetivas está prevista para o dia 11 de outubro de 2009 e serão realizadas nas cidades de Fortaleza, Juazeiro do Norte, Limoeiro do Norte e Sobral - Estado do Ceará, conforme opção indicada pelo candidato no Formulário de Inscrição via Internet. * A aplicação da Prova Prática de Direção Veicular está prevista para os dias 28 e 29 de novembro de 2009 e será realizada na cidade de Fortaleza-CE.

Todos os atos relativos ao presente Concurso, convocações, avisos e comunicados serão publicados no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho, e ficarão à disposição dos candidatos nos sites da Fundação Carlos Chagas e do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região. O Concurso Público terá validade de 2 anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região.

Fonte: PCI Concursos