24 mil vagas estão abertas para quem sonha com estabilidade

24 mil vagas estão abertas para quem sonha com estabilidade

24 mil vagas estão abertas para estudantes que sonham com estabilidade

A promessa do governo de conter gastos não inibiu a realização de concursos públicos em todo o país. Apesar do anúncio oficial, no mês passado, de que algumas contratações teriam de ser adiadas, as oportunidades para quem sonha com a tal carreira estável continuam crescendo. Entre certames municipais, estaduais e nacionais com editais lançados, somam-se 24.472 vagas disponíveis para diferentes cargos e níveis de escolaridade.

A semana começa com a abertura das inscrições, com taxa de R$ 120, para o concurso de auditor federal de controle externo do Tribunal de Contas da União (TCU). Serão oferecidas 29 vagas para uma das funções mais desejadas no Poder Legislativo. A prova, organizada pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), é bastante aguardada pelos concurseiros de nível superior, atraídos pelo salário inicial de R$ 12.076,90.

No âmbito nacional, o menor salário oferecido é o de auxiliar de laboratório

da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF): R$ 1.296,45. As inscrições para a prova que selecionará somente três pessoas também começam hoje. Em casos como o de procurador do Banco Central, a remuneração chega a R$ 15.719,13. Os formados em direito interessados em uma das 15 cobiçadas oportunidades têm até a próxima quinta-feira para garantir lugar na disputa.

Este mês, dois dos mais concorridos certames do país foram lançados, o que têm agitado os cursinhos preparatórios. Na última sexta-feira, iniciaram as inscrições para a prova que selecionará 263 novos técnicos e analistas do Ministério Público da União (MPU), com salários de R$ 4.575,15 e R$ 7.506,54, respectivamente. Já o Banco Central vai contratar 500 técnicos e analistas, com remuneração de até R$ 14.289,24. As inscrições começam na próxima quinta-feira.

Fonte: Correio Braziliense