5,2 mil faltam às provas do concurso da Assembleia Legislativa da Paraíba

Mais de 29 mil pessoas se inscreveram para disputar 110 vagas

O concurso realizado pela Assembleia Legislativa da Paraíba no domingo (7), registrou 5.297 faltosos, segundo a organização do concurso. Mais de 29 mil pessoas haviam se inscrito para a seleção, que prevê o preenchimento de 110 vagas. A organização do concurso informou que o gabarito será divulgado até o sábado (12) e os candidatos terão até o dia 16 para entrar com recurso.

De acordo com a Assembleia Legislativa da Paraíba, 24.285 pessoas realizaram as provas para os cargos de assistente legislativo, analista legislativo e consultor legislativo durante o turno da manhã, e 5.286 candidatos comparecem aos locais de prova para concorrer às vagas para assessor técnico legislativo e procurador. As provas foram realizadas em 22 locais nas cidades de João Pessoa e Cabedelo, na Região Metropolitana da capital.

O presidente da Comissão Organizadora do concurso, Marco Villar, informou que tudo ocorreu normalmente durante a prova e que nenhum episódio grave foi registrado. Ele lembrou que a segunda etapa do concurso será realizada em 7 de julho com as provas de digitação e discursiva para os que disputam o cargo de procurador.

Os salários variam de R$ 1.213,38 a R$ 11 mil. A maior concorrência é para o cargo de procurador (Ensino Superior), que teve 715 inscritos para apenas uma vaga. Em seguida vem o de assessor técnico legislativo (Ensino Médio Completo) com 364,8 candidatos para cada uma das 16 vagas e cuja remuneração é de R$ 1.449,30.

Para o cargo de assistente legislativo (Ensino Fundamental II Completo), que oferece 71 postos, a concorrência ficou em 281,7 por vaga. Para o cargo de analista legislativo (Ensino Superior Completo), são 204 candidatos para cada uma das duas vagas ofertadas. No cargo de consultor legislativo (Ensino Superior Completo), são 132,7 candidatos por cada uma das 20 vagas oferecidas.

Fonte: G1