Aeronáutica abre 542 vagas para formação de sargentos no Brasil

Aeronáutica abre 542 vagas para formação de sargentos no Brasil

Candidato deve ter nível médio e ter de 18 anos a 24 anos

A Aeronáutica abriu concurso para o Exame de Admissão (Modalidade "B") ao Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica ? turmas 1 e 2 do ano de 2014.

Aeronáutica

Inscrições

De 17 de abril a 9 de maio

Vagas

542

Salário

não informado

Taxa

R$ 60

Provas

7 de julho

São 542 vagas no total, para mecânica de aeronaves, material bélico, comunicações, foto-inteligência, guarda e segurança, eletricidade e instrumentos, equipamento de voo, meteorologia, suprimento, informações aeronáuticas, desenho, estrutura e pintura, eletromecânica, metalurgia, bombeiro e controle de tráfego aéreo.

O candidato deve ter concluído ou estar em condições de concluir, com aproveitamento, o ensino médio e não ter menos de 17 anos e nem completar 25 anos de idade até 31 de dezembro de 2014.

O Curso de Formação de Sargentos da Aeronáutica (CFS) é ministrado sob regime de internato militar, na Escola de Especialistas de Aeronáutica (Eear), em Guaratinguetá (SP), com duração de aproximada de 2 anos e abrange instruções nos campos geral, militar e técnico-especializado.

A formação nas especialidades do CFS é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) como curso técnico, de nível médio, constando no Catálogo Nacional de Cursos Técnicos.

As inscrições devem ser feitas nos sites www.fab.mil.br e www.ciaar.com.br de 17 de abril a 9 de maio. A taxa é de R$ 60.

O processo seletivo terá exame de escolaridade, inspeção de saúde, exame de aptidão psicológica, teste de avaliação do condicionamento físico e análise e conferência dos critérios exigidos e da documentação prevista para matrícula no curso.

A prova escrita será realizada nas cidades de Belém, Recife, Fortaleza, Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, São José dos Campos, Campo Grande, Porto Alegre/Canoas, Curitiba, Brasília, Manaus e Porto Velho, na data provável de 7 de julho, às 9h40.

Fonte: G1