AGU quer um concurso com 332 vagas para advogados em 2015; saiba mais

Órgão enviou consulta ao Ministério do Planejamento para fazer seleção

A Advocacia-Geral da União (AGU) quer abrir um concurso público para contratar 332 novos advogados da União em 2015. Para viabilizar a seleção, o advogado-geral da União, ministro Luís Inácio Adams, encaminhou consulta ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão sobre a disponibilidade de recursos orçamentários para a realização do concurso. As informação são do site do órgão.

De acordo com o documento encaminhado à ministra, Miriam Belchior, atualmente a AGU possui 1.764 advogados da União distribuídos entre a Procuradoria-Geral da União, Consultorias Jurídicas dos Ministérios, Consultoria-Geral da União, consultorias jurídicas nos estados, procuradorias da União e na Secretaria-Geral de Contencioso. Os profissionais precisam atender a uma demanda crescente de processos tanto na área consultiva, quanto na contenciosa.

Segundo informações enviadas ao MP, só na área consultiva, houve um aumento de 437% na produção de manifestações jurídicas entre 2010 e 2013. No ano passado, o número de produção ultrapassou as 150 mil peças. Na área contenciosa, cerca de 3 milhões de processos são acompanhados pela Procuradoria-Geral da União, órgão responsável pela defesa judicial da Administração Direta em processos que tramitam na Justiça Federal, do Trabalho, Eleitoral e Estadual.

Na quinta-feira (10), o Ministério do Planejamento autorizou a realização de concurso público para 60 vagas na AGU, sendo 34 para analista técnico administrativo, 10 para analista de sistemas, 3 para bibliotecário, 3 para técnico em comunicação social e 10 para técnico em contabilidade. O prazo para a publicação do edital de abertura de inscrições para concurso público será de seis meses, contado a partir da publicação desta portaria, ou seja, até outubro deste ano.

Fonte: G1