Banco Central realiza provas neste domingo para 500 vagas

Banco Central realiza provas neste domingo para 500 vagas

Para conferir o local de aplicação, basta acessar o site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB)

Os 88.589 inscritos no concurso do Banco Central do Brasil (BC) realizam as provas objetivas do certame neste domingo (20/10) para os cargos de técnico e analista. Para conferir o local de aplicação, basta acessar o site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), a banca organizadora. A concorrência média da seleção é de 177 pessoas por chance.

Para analista as avaliações objetivas terão três horas e meia de duração e serão aplicadas às 8h. Já os exames discursivos terão quatro horas e serão realizados às 14h. E para o posto de técnico, o exame objetivo (única avaliação) terá duração de quatro horas e meia, às 14h. Além de provas objetiva e discursiva, o concurso terá avaliação de títulos e programa de capacitação para nível superior.

O concurso

A oferta é de 500 vagas, sendo 400 para analista e 100 para técnico, com remunerações iniciais de R$ 5.158,23 e R$ 13.595,85, respectivamente. Puderam se candidatar concurseiros com níveis médio ou superior. Para o cargo de analista, a concorrência geral é de 103 pessoas por vaga. Já para o posto de técnico, a disputa será mais acirrada: aproximadamente 478 pessoas concorrerem a cada uma das 100 vagas.

A lotação para analista será em Brasília, Belém, São Paulo e Salvador. Para concorrer, o candidato deve ter diploma, devidamente registrado, de curso superior em qualquer área, fornecido por instituição de ensino superior autorizada ou credenciada pelo Ministério da Educação (MEC). Já para o cargo de técnico são disponibilizadas 100 chances com lotação em Brasília, Belém, Salvador e Porto Alegre. Para este posto, os interessados em concorrer devem possuir certificado de nível médio completo, fornecido por instituição de ensino reconhecida oficialmente pelo órgão competente. Cinco por cento das chances são reservadas a candidatos com deficiência.

Fonte: Correio Web