Banco do Brasil abre inscrições para 8.630 vagas para escriturário

Banco do Brasil abre inscrições para 8.630 vagas para escriturário

O salário é de R$ 2.043,36 para jornada de 30 horas semanais.

O Banco do Brasil abre nesta quinta-feira (12) as inscrições do concurso para 8.630 vagas para formação de cadastro de reserva para o cargo de escriturário nos estados de Alagoas, Bahia, Goiás, Minas Gerais (parte do estado), Mato Grosso do Sul, Pará, São Paulo, Tocantins e no Distrito Federal. Do total das oportunidades, 456 são reservadas para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 2.043,36 para jornada de 30 horas semanais.

No site do Diário Oficial da União, é possível ver o edital.

O candidato deve ter nível médio e idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação.

O escriturário faz a comercialização de produtos e serviços do banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários; redação de correspondências em geral; conferência de relatórios e documentos; controles estatísticos; atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados; execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo, compatíveis com as peculiaridades.

O candidato classificado será convocado, em função das necessidades do banco, a assinar contrato individual pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), obedecidas as ordens de classificação, de acordo com a sua opção no ato da inscrição, por microrregião. O candidato poderá ser convocado, uma única vez, para macrorregião diferente daquela em que se inscreveu, desde que exista vaga e não haja candidato classificado para preenchê-la. Nesse caso, o Banco do Brasil utilizará a ordem de classificação na UF. Se o candidato não aceitar tomar posse na dependência fora da macrorregião em que se inscreveu, será excluído da classificação estadual, mantendo, porém, a classificação na macrorregião em que se inscreveu.

Ficam asseguradas as admissões, conforme necessidade de provimento, dos candidatos classificados nas Seleções Externas 2012/001, 2012/003 e 2013/001 até o termino de suas vigências (07/5/14, 15/4/14 e 26/9/14, respectivamente) ou o esgotamento da reserva de candidatos aprovados, prevalecendo o que ocorrer primeiro.

As inscrições devem ser feitas no período de 12 de dezembro a 7 de janeiro de 2014 pelo site www.cesgranrio.org.br. A taxa é de R$ 40. Os candidatos que não têm acesso à internet poderão se inscrever nos locais credenciados listados no anexo IV do edital, em dias úteis, das 9h às 16h.

A seleção terá três etapas: prova objetiva, prova de redação e perícias médicas e procedimentos admissionais.

As provas objetiva e de redação serão aplicadas na data provável de 9 de fevereiro de 2014, com duração de 5 horas, nas cidades de Maceió, Penedo ou União Palmares, Arapiraca ou Santana do Ipanema, Alagoinhas ou Camaçari, Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus, Esplanada, Porto Seguro ou Teixeira de Freitas, Itabuna, Jequié ou Vitória da Conquista, Barreiras, Bom Jesus da Lapa ou Santa Maria da Vitória, Brumado ou Guanambi, Irecê, Itaberaba ou Seabra, Jacobina ou Senhor do Bonfim, Juazeiro, Paulo Afonso, Salvador, Brasília, Itumbiara, Caldas Novas, Rio Verde, Anápolis, Uruaçu, Goiânia, Valparaíso de Goiás ou Formosa, Posse, Campo Grande, São Gabriel do Oeste, Dourados, Três Lagoas, Bonito, Belo Horizonte, Contagem, Sete Lagoas, Conselheiro Lafaiete, João Monlevade, Divinópolis, Juiz de Fora, Viçosa, Pouso Alegre, Poços de Caldas, Passos, Varginha, Governador Valadares ou Ipatinga, Manhuaçu, Teófilo Otoni, Montes Claros, Janaúba, Diamantina, Abaetetuba/Barcarena, Belém Castanhal, Capanema, Paragominas, Marabá, Tucurí, Xinguara, Redenção, Santarém, Altamira, Votuporanga, Jales, Araçatuba, Andradina, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Marília, Lins, Bauru, Ourinhos, Botucatu, Itapeva, Itapetininga, Sorocaba, Registro, Franca, Mogi Guaçu, Araraquara, Piracicaba, São Carlos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Campinas, Jundiaí, Santos, Guarulhos, São Bernardo do Campo, Osasco, São Paulo, São José dos Campos, Taubaté, Araguaína, Guaraí, Paraíso do Tocantins, Palmas, Gurupi e Dianópolis.

Serão avaliadas as provas discursivas apenas dos candidatos habilitados e mais bem classificados na prova objetiva, no limite estabelecido pelo edital.

Fonte: G1