Banco do Brasil deve ter novo concurso para escriturário

Banco do Brasil deve ter novo concurso para escriturário

Na última semana, o Banco divulgou os gabaritos das provas do atual processo seletivo que vai formar cadastro reserva.

O Banco do Brasil (BB) prevê a realização de uma nova seleção para a carreira de escriturário neste ano. De acordo com a assessoria de imprensa do órgão, o concurso está em planejamento, mas ainda serão determinados os Estados onde serão preenchidas as vagas.

Na última semana, o Banco divulgou os gabaritos das provas do atual processo seletivo que vai formar cadastro reserva para os Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina e Sergipe.

Em São Paulo, segundo confirmou a assessoria, a seleção realizada em 2010 encerrou-se no dia 1º de julho do ano passado e, em substituição, foi realizado o processo seletivo 2012/001, com validade até 7 de maio, podendo ser prorrogado, por uma única vez, por igual período (um ano). Na ocasião, foram 170.425 candidatos inscritos no Estado. A seleção, organizada pela Fundação Cesgranrio, formava cadastro reserva também para Minas Gerais, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Pará, Mato Grosso do Sul, Tocantins e Alagoas.

No Rio de Janeiro, a última seleção expira em setembro. No processo seletivo de 2011, de responsabilidade da Fundação Carlos Chagas, 84.072 se inscreveram. Estavam envolvidos também os Estados do Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Normalmente, o Banco divulga novo edital alguns meses antes do encerramento do prazo do concurso anterior. Para Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe, Acre, Amapá, Maranhão e Mato Grosso, que tiveram seleções em 2011, a validade era até abril deste ano, mas o Estados já foram englobados no atual concurso que teve edital divulgado no final de 2012. O mesmo aconteceu com Paraíba, Paraná, Amazonas e Ceará, que tinham validade até março.

Seleção em vigor

O processo seletivo para 15 Estados, organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC), registrou 339.173 inscrições. Os aprovados, que devem possuir nível médio, receberão salário de R$ 1.892, além de cesta alimentação de R$ 367,92 e auxílio-refeição de R$ 472,12. A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

Os candidatos passam por provas de conhecimentos básicos (língua portuguesa, matemática, atualidades e raciocínio lógico) e específicos (conhecimentos gerais de informática, atendimento e conhecimentos bancários).

De acordo com o Banco do Brasil, as principais vantagens do cargo são: a possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros ou resultados e a possibilidade de participação em planos assistenciais e previdenciários complementares.

O escriturário tem como atribuições ser responsável pela comercialização de produtos e serviços do Banco, atendimento ao público, atuação no caixa (quando necessário), contatos com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, redação de correspondências em geral, conferência de relatórios e documentos, controles estatísticos, atualização e manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados, entre outras atividades.

Fonte: UOL