Banco do Nordeste e TJ do SE abrem seus períodos de inscrição na terça

Há chances para níveis médio e superior. Os dois órgãos formarão cadastro reserva.

Candidatos interessados em participar dos concursos abertos pelo Banco do Nordeste do Brasil S.A. (BNB) e pelo Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) já podem se candidatar. Os órgãos abrem, nesta terça-feira (15/4), o prazo de inscrições para 65 vagas. Há chances para níveis médio e superior. Os dois órgãos formarão cadastro reserva.

BNB

A oferta é de 12 vagas e cadastro reserva ao cargo de analista bancário, que exige nível médio. Do total de chances, 5% são reservadas à candidatos com deficiência. O salário ofertado é de R$ 2.043,36, para jornada de trabalho de 30h semanais. Interessados poderão se inscrever até 8 de maio, por meio do site da banca organizadora do certame, a Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa de participação é de R$ 60.

Além de Brasília/DF, as provas serão aplicadas nas cidades de Aracaju/SE, Barreiras/BA, Belo Horizonte/MG, Cajazeiras/PB, Campina Grande/PB, Caxias/MA, Feira de Santana/BA, Floriano/PI, Fortaleza/CE, Garanhuns/PE, Ilhéus/BA, Imperatriz/MA, João Pessoa/PB, Juazeiro/BA, Juazeiro do Norte/CE, Maceió/AL, Montes Claros/MG, Mossoró/RN, Natal/RN, Parnaíba/PI, Paulo Afonso/BA, Petrolina/PE, Recife/PE, Salgueiro/PE, Salvador/BA, São Luís/MA, São Mateus/ES, Sobral/CE, Teixeira de Freitas/BA, Teresina/PI, Teófilo Otoni/MG, Vitória/ES e Vitória da Conquista/BA, em data ainda a ser divulgada.

A seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogado por igual período.

TJSE

São 53 vagas para outorga de serviços de notas e registros, sendo 5% reservadas a pessoa com deficiência. Do total de oportunidades, 35 são para provimento, 16 para remoção e duas com critério de preenchimento ainda indefinido, segundo o edital. Interessados podem se inscrever até as 23h59 do dia 5 de maio, pelo site da banca organizadora, o Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). A taxa é R$ 200.

A seleção será composta por seis etapas. A primeira fase é aplicação de prova objetiva, com data prevista para o dia 20 de julho. Seguida pela prova escrita e prática, que será aplicada no dia 31 de agosto. As etapas seguintes são: comprovação de requisitos para outorga; exames psicotécnicos, entrega de laudo neuropsiquiátrico e entrevista pessoal; análise de vida pregressa; prova oral e análise de títulos.

Os candidatos que disputam as vagas por provimento devem ser bacharéis em direito ou ter exercido por dez anos as funções em serviços notariais ou de registros. Já para quem se candidata às oportunidades de remoção, é preciso comprovar que exerce a titularidade em qualquer localidade do Sergipe, por pelo menos dois anos.

Fonte: corrreioweb