Câmara e 20 órgãos abrem prazo para 5,8 mil vagas;  salários chegam a R$ 11 mil

Câmara e 20 órgãos abrem prazo para 5,8 mil vagas; salários chegam a R$ 11 mil

Só na Secretaria de Estado da Saúde do Amapá são 1.593 vagas.

Pelo menos 221 órgãos abrem inscrições na segunda-feira (19) para 5.815 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de todos os níveis de escolaridade. Só na Secretaria de Estado da Saúde do Amapá são 1.593 vagas. Os salários chegam a R$ 11.914,88 na Câmara dos Deputados.

Os órgãos que abrem as inscrições são os seguintes: Câmara dos Deputados, Câmara Municipal de João Pessoa, Cemig Serviços, Guarda Municipal de Americana (SP), Ministério Público do Estado de Pernambuco, Prefeitura de Açailândia (MA), Prefeitura de Belo Horizonte, Prefeitura de Bonito (PA), Prefeitura de Campo Grande, Prefeitura de Carrancas (MG), Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos (SP), Prefeitura de Goiânia, Prefeitura de Imperatriz (MA), Prefeitura de Itatiba (SP), Prefeitura de Itaverava (MG), Prefeitura de Janaúba (MG), Prefeitura de Ponto Chique (MG), Porto Franco (MA), Secretaria de Estado da Saúde do Amapá, Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento (Sanasa) de Campinas (SP) e Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba.

Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados abriu concurso público para 34 vagas de nível superior. O salário é de R$ 11.914,88. VEJA EDITAL

As vagas são para analista legislativo nas atribuições de arquiteto, engenheiro civil, engenheiro elétrico, engenheiro mecânico, engenheiro eletrônico/telecomunicações, engenheiro de segurança do trabalho e técnico em material e patrimônio - nesse último cargo, é exigido nível superior em qualquer área de atuação.

As inscrições devem ser feitas no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/camara2012 no período das 10h do dia 19 de março até as 23h59 do dia 8 de abril. A taxa é de R$ 90.

A seleção terá as seguintes fases: provas objetivas, prova discursiva, exceto para o cargo de analista legislativo - atribuição: arquiteto, prova prática somente para o cargo de analista legislativo - atribuição: arquiteto, e avaliação de títulos, exceto para o cargo de analista legislativo - atribuição: técnico em material e patrimônio. Todas as fases serão realizadas em Brasília.

A prova objetiva para todas as atribuições terá a duração de 3 horas e será aplicada na data provável de 3 de junho, no turno da manhã.

A prova objetiva para analista legislativo - atribuição: arquiteto terá duração de 3 horas e 30 minutos e será aplicada na data provável de 3 de junho, no turno da tarde.

A prova objetiva e a prova discursiva para os cargos de analista legislativo - atribuições: engenheiro (todas as áreas), engenheiro de segurança do trabalho e técnico em material e patrimônio terão a duração de 5 horas e serão aplicadas na data provável de 3 de junho, no turno da tarde.

A prova prática para analista legislativo - atribuição: arquiteto terá a duração de 5 horas e será aplicada na data provável de 22 de julho no turno da manhã e da tarde.

A entrega dos documentos referentes à avaliação de títulos para o cargo de analista legislativo - atribuições: engenheiro (todas as áreas) e engenheiro de segurança do trabalho será realizada nas datas prováveis de 19 e 20 de julho.

A entrega dos documentos referentes à avaliação de títulos para o cargo de analista legislativo - atribuição: arquiteto será realizada nas datas prováveis de 29 e 30 de agosto.

Os locais e o horário de realização das provas objetivas, das provas discursivas e da prova prática estarão disponíveis para consulta na Internet, no endereço eletrônico http://www.cespe.unb.br/concursos/camara2012, a partir da data provável de 24 de maio.

Fonte: G1