Candidato do Exame da OAB deve ter muita atenção com folha de resposta

Com 101 mil inscritos, prova da 1ª fase será realizada neste domingo

A primeira fase do XI Exame de Ordem Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil será realizada neste domingo (18), a partir das 13h (horário de Brasília). Os candidatos inscritos para a prova devem ter uma atenção especial para o preenchimento correto da folha de respostas. Estão inscritos nesta edição do exame 101.156 bacharéis em direito.

A prova objetiva é composta por 80 questões de múltipla escolha. O candidato terá de escolher entre quatro alternativas (A, B, C ou D) a resposta que considera certa para cada questão. Em geral, os bacharéis em direito que fazem a prova marcam em um primeiro momento a resposta no caderno de questões, e depois preenchem a folha de respostas de acordo com o que foi anotado.

Apenas o que é marcado na folha de respostas é condiderado válido no resultado de cada candidato. Por isso, é preciso ter muita atenção na hora de preencher as respostas. Não serão aceitas rasuras ou questões com duas respostas marcadas.

Segundo o edital, "o examinando deverá, obrigatoriamente, marcar, para cada questão, um, e somente um, dos quatro campos da folha de respostas, sob pena de arcar com os prejuízos decorrentes de marcações indevidas" .

Além disso, "o examinando deverá transcrever, utilizando caneta esferográfica de tinta azul ou preta, as respostas da prova objetiva para a folha de respostas, que será o único documento válido para a correção da prova. O preenchimento da folha de respostas será de inteira responsabilidade do examinando, que deverá proceder em conformidade com as instruções específicas contidas neste edital e na folha de respostas. Em hipótese alguma haverá substituição da folha de respostas por erro do examinando".

A prova tem cinco horas de duração, mas o candidato deve reservar um tempo hábil para preencher a folha de respostas checando sempre se a questão que está preenchendo no cartão corresponde ao número da questão da prova.

Também segundo o edital, será eliminado da prova o candidato que for surpreendido portando aparelhos eletrônicos (telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor, gravador, máquina fotográfica, protetor auricular, controle de alarme de carro), relógio, óculos escuros, chapéu, boné, gorro, e ainda lápis, lapiseira e borracha.

A segunda etapa (prova prático-profissional), que trará quatro questões discursivas e uma peça profissional e para a qual só se submeterão aqueles que foram aprovados na primeira fase, será realizada em 6 de outubro.

O Exame de Ordem pode ser prestado por bacharel em direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Poderão realizá-lo os estudantes de direito do último ano do curso de graduação em direito ou do nono e décimo semestres.

Fonte: G1