Companhia Enérgética de BSB oferece com atrativo salários de até R$ 8 mil

O processo seletivo será composto de prova objetiva, única etapa comum a todos os cargos, com perguntas de múltipla escolha

Além de disciplinas básicas, como língua portuguesa e raciocínio lógico, prova da CEB, retomada após 11 meses de suspensão, poderá cobrar conhecimentos sobre questões políticas atuais do DF

Após 11 meses, a Companhia Energética de Brasília (CEB) reabrirá, em novembro, as inscrições para preencher 89 vagas mais formação de cadastro reserva. O certame conta com oportunidades para todos os níveis de escolaridade em diversos cargos, com jornadas de trabalho de 20, 30 e 40 horas semanais. A banca responsável será a Exatus Promotores de Eventos e Consultoria, e a aplicação da prova está prevista para 26 de janeiro. O concurso havia sido suspenso em novembro de 2012 pela 7ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal, por causa de divergências entre os valores das taxas de inscrição publicadas no edital.

O processo seletivo será composto de prova objetiva, única etapa comum a todos os cargos, com perguntas de múltipla escolha a respeito de português, matemática e raciocínio lógico, legislação do setor elétrico, atualidades, informática e conhecimentos específicos. Os concorrentes serão avaliados em exames físicos e psicológicos e, aqueles que disputam funções de nível fundamental e superior, passarão também por provas práticas e de títulos, respectivamente.

A familiaridade com as disciplinas programadas no edital foi a principal fonte de motivação para Magda Leonor da Silva Teobaldo, 25 anos, inscrever-se no concurso da CEB. ?São matérias básicas, que estudo há um ano e meio. Minha expectativa é ser aprovada?, espera a concursanda, que concorrerá às vagas de nível médio. Ela parou de trabalhar há dois anos com a meta de se dedicar exclusivamente à preparação para entrar no serviço público. ?Não pretendo mudar o meu ritmo de estudos, mas vou incluir a matéria de legislação do setor elétrico na grade horária?, diz Magda.

Por dentro da banca

Conhecer o padrão de cobrança da banca examinadora será fundamental para quem deseja garantir a pontuação na parte de língua portuguesa. ?A Exatus costuma cobrar conhecimentos de conjunções, termos oracionais ? essenciais, integrantes e acessórios ?, coesão e flexões verbais, mas de forma simples?, analisa Rose Vianna, professora do site especializado Estúdio Aulas. Na parte textual, ela explica que as perguntas não serão contextualizadas e que o foco será na compreensão do que é apresentado nos textos. Embora o nível de complexidade não seja elevado, a especialista lembra que não se pode menosprezar a disciplina. ?Quem descuidar corre o risco de perder a chance de permanecer na concorrência?, alerta.

A respeito de matemática e raciocínio lógico, o professor do IMP Concursos Antonio Geraldo analisa que os conteúdos previstos são simples e que os candidatos podem treinar também com questões da Fundação Carlos Chagas (FCC). Para os cargos de nível fundamental, Geraldo destaca que a cobrança será em cima de itens de regra de três, grandezas proporcionais e porcentagens. Já nos outros níveis de escolaridade, o especialista destaca que o foco será na parte lógica do conteúdo e que os estudantes devem ter atenção à construção de argumentos lógicos, tabelas-verdade, análise combinatória e probabilidade. ?O conteúdo exposto no edital é curto e são temas que o candidato consegue estudar dentro de um prazo de 40 dias. Quanto mais ele fizer exercícios, mais vai se sentir seguro na hora de responder a prova?, dá a dica.

Outro conteúdo essencial será a Lei Orgânica do Distrito Federal. A sugestão do professor do Pró-Cursos Paulo Fernando Melo é estar atento às questões políticas do DF e do Brasil. ?A banca pode misturar assuntos da lei com os temas atuais?, diz. Fernando Melo destaca que certos conhecimentos como o papel da Câmara Legislativa e os casos de cassação de deputados distritais podem ser abordados no certame. ?Não tem mistério nessa parte. É preciso aliar resolução de exercícios e um conhecimento mediano do que está previsto na Constituição e no texto da Lei Orgânica, além das competências do Executivo e do governo local.?

O que diz o edital

Companhia Energética de Brasília (CEB)

Vagas: 89 imediatas e formação de cadastro reserva

Cargos:

Nível fundamental

Agente de serviços operacionais ? eletricista e serviços gerais

Nível médio/técnico

Agente de suporte administrativo, técnico industrial ? eletrotécnica, eletrônica, edificações e telecomunicações ?, técnico de segurança do trabalho, técnico de informática e de enfermagem do trabalho

Nível Superior

Advogado, administrador, analista de sistemas ? negócios e infraestrutura ?, arquiteto, arquivista, assistente social, contador, economista, engenheiro civil, eletricista, eletrônica, segurança do trabalho e telecomunicações, médio do trabalho, pedagogo e redator/revisor de texto

Inscrições

19 de novembro a 2 de janeiro de 2014

Remunerações

R$ 1.404,36 a R$ 8.032,88

Taxa: R$ 16,50

Prova: 26 de janeiro de 2014

Edital: www.exatuspr.com.br

Fonte: Correio Web