Companhia Energética do DF retifica edital, aumenta salários e adia provas

alteração, no entanto, é uma boa novidade para quem ainda pretende se inscrever, já que a remuneração de todos os cargos aumentou expressivamente

A Companhia Energética de Brasília (CEB) divulgou no Diário Oficial do Distrito Federal desta sexta-feira (27/12) nova retificação do edital do concurso com 89 vagas. A alteração, no entanto, é uma boa novidade para quem ainda pretende se inscrever, já que a remuneração de todos os cargos aumentou expressivamente. Para arquiteto, por exemplo, antes era de R$ 5.634,10 e subiu para R$ 6.018,91. Além disso, o auxílio-alimentação, que era de R$ 870,76, agora é de R$ 919.16.

As provas objetivas, primeira etapa da seleção, também tiveram modificação. Antes previstas para ocorrerem daqui a um mês, em 26 de janeiro, agora serão aplicadas nas datas prováveis de 8 e 9 de março de 2014. A seleção ainda contará com prova prática (nível fundamental), de títulos (superior), avaliação física e psicológica (todos os níveis). O exame escrito contará das disciplinas de português, matemática/raciocínio lógico, legislação do setor elétrico, atualidades, informática e conhecimentos específicos. As avaliações serão realizadas em Brasília.

Há um mês, a CEB divulgou outra retificação. Esta referente aos requisitos para se candidatar aos cargos de técnico industrial e técnico de segurança do trabalho. Agora, para disputar esses postos, os concurseiros devem ter registro no órgão de classe, além de ensino médio e técnico, como já exigido anteriormente.

O concurso

As oportunidades ofertadas na seleção são para todo os níveis de escolaridade mais formação de cadastro reserva. Com a nova retificação, os salários podem chegar a R$ 8,5 mil. Além da remuneração e auxílio-alimentação, os aprovados receberão plano de saúde, programa de capacitação e treinamento, auxílio-creche e plano previdenciário. A Exatus Promotores de Eventos e Consultoria é a banca organizadora.

Em nível superior são 16 vagas de advogado, administrador, analista de sistemas, arquiteto, arquivista, assistente social, contador, economista, engenheiro, médico do trabalho, pedagogo e redator/revisor de texto. Os salários variam de R$ 4.478,64 a R$ 8.581,53. A jornada de trabalho é de 40 horas para todos os servidores - com exceção aos postos de assistente social e médico, que devem cumprir 30 e 20 horas semanais, respectivamente.

Quem tem nível médio pode disputar 18 chances de agente de suporte administrativo, com salário de R$ 1.845,14. Para nível técnico as oportunidades ofertadas são de técnico industrial, de segurança do trabalho, de informática e de enfermagem do trabalho. Os vencimentos são de R$ 2.337,36. E, por fim, as vagas de nível fundamental são de agente de serviços operacionais, com salário de R$ 1.688,57.

O período de inscrições teve início em 19 de novembro e segue até 2 de janeiro de 2014, pelo site www.exatuspr.com.br. As taxas custam R$ 16,50 para todas as escolaridades. O candidato poderá se inscrever em mais de um cargo, desde que não haja incompatibilidade de horário de realização das provas. De acordo com cronograma divulgado, a previsão para a classificação final é o dia 31 de julho do ano que vem. Aprovados no certame serão contratados pelo regime da Consolidação das Leis de Trabalho (CLT).

Suspensão

Lançado em setembro de 2012, a seleção pretendia formar apenas cadastro reserva. Por causa disso, a 7ª Vara da Fazenda do Distrito Federal, no processo nº. 2012.01.1.095044-7, decidiu suspender, em novembro de 2012, o concurso. Ele foi reaberto após ajustes no edital.

Fonte: CorreioWeb