Concurso da PM-PI: Testes físicos exigem boa aptidão

Concurso da PM: Testes físicos exigem boa aptidão

A aptidão física é um dos critérios levados em conta na hora do teste para quem quer ingressar na Polícia Militar, nos Bombeiros ou no Exército. Ontem, dia 17, pela manhã, mais de 200 pessoas reunidas na Marechal Castelo Branco estavam se preparando para o TAF-Teste de Aptidão Física, que será aplicado no próximo concurso da PM Piauí.


Concurso da PM: Testes físicos exigem boa aptidão

Logo após a prova teórica, o TAF será realizado e é preciso que todos os candidatos estejam preparados. No momento, foram feitas apenas simulações de exercícios a serem aplicados na prova prática.

A atividade foi dividida em grupos e antes de passar pela primeira tarefa, a corrida, os candidatos passaram por uma aula de alongamento. Os homens corriam 2.200 metros e as mulheres, número em pequena quantidade, corriam 1.800 metros.

Depois da corrida, o dia seguiu com as atividades de flexão de barra, flexão de cotovelo e abdominal remador.

Segundo o professor de educação física e orientador das atividades Luanderson Silva, esta série de atividades é importante, tendo em vista o grande número de reprovações nos testes físicos destes concursos. ?No Maranhão, mais de 1000 pessoas foram reprovados nos testes de aptidão. Todo concurso militar exige uma preparação e infelizmente nem todos estão 100% prontos?, destaca o professor.

Para a candidata Geise Kelly da Silva, que foi uma das primeiras a chegar durante a corrida, a escolha da profissão veio por influência do pai. Ela, que é faixa preta em Taekwondo, acredita que já está preparada. ?Fisicamente com certeza já estou preparada, pronta para fazer o teste?, esclarece Geise.

Fonte: Jornal Meio Norte