Concurso para diplomata no Instituto Rio Branco terá seleção para 30 vagas

O salário é de R$ 13 mil; cargo exige nível superior em qualquer área

O Ministério das Relações Exteriores divulgou normas do concurso de admissão à carreira de diplomata de 2013, que neste ano oferecerá 30 vagas para ingresso no Instituto Rio Branco.

As regras estão na portaria nª 329, publicada no ?Diário Oficial da União? desta terça-feira (11). O salário de diplomata é de R$ 13 mil. O cargo exige nível superior em qualquer área.

O concurso terá quatro fases. A primeira fase terá prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, constituída de questões de português, de história do Brasil, de história mundial, de geografia, de política internacional, de inglês, de noções de economia e de noções de direito e direito internacional público. Será estabelecida reserva de 10% das vagas na primeira fase para os candidatos afrodescendentes.

A segunda fase constará de prova discursiva eliminatória e classificatória de português. Será estabelecida nota mínima para a prova de português. No último edital, a prova escrita de português teve uma redação sobre tema geral, com a extensão de 600 a 650 palavras, e dois exercícios de interpretação, de análise ou de comentário de textos, com a extensão de 120 a 150 palavras cada um.

A terceira fase constará de provas discursivas de história do Brasil, de geografia, de política internacional, de inglês, de noções de economia e de noções de direito e direito internacional público. As seis provas da terceira fase terão peso equivalente. Será estabelecida nota mínima para o conjunto das provas da terceira fase. Cada prova tem duração de 4 horas e é realizada em seis dias diferentes.

A quarta fase constará de provas escritas de espanhol e de francês, de caráter exclusivamente classificatório. Cada uma das provas da quarta fase terá peso equivalente à metade do peso de cada uma das provas da terceira fase.

De acordo com o último edital, todos os candidatos aprovados na segunda fase deverão fazer as provas da quarta fase. Apenas os candidatos aprovados na terceira fase terão corrigidas as provas da quarta fase. A nota final no concurso será igual à soma das notas obtidas nas provas da primeira, segunda, da terceira e da quarta fases. A classificação final no concurso, que determinará a ordem de ingresso dos aprovados na classe inicial da carreira de diplomata, corresponderá à ordem decrescente das notas finais no concurso.

O edital completo será publicado em breve pelo diretor-geral do Instituto Rio Branco.

O concurso para o cargo de diplomata em 2012 também ofereceu 30 vagas e recebeu 6.423 inscrições, com 214,10 candidatos por vaga. A organizadora do concurso sempre tem sido o Cespe/UnB.

Bolsa para afrodescendentes

Uma parceria entre o Instituto Rio Branco e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) viabilizou o Programa de Ação Afirmativa do Instituto Rio Branco ? Bolsa-Prêmio de Vocação para a Diplomacia.

O benefício é voltado para candidatos negros, que tenham concluído ou estejam no último ano do curso superior. Os selecionados recebem uma bolsa de estudos no valor de R$ 25 mil, pago em parcelas de março a dezembro, que deverão ser investidos na compra de material didático e pagamento de cursos preparatórios para o concurso de admissão à carreira de diplomata, realizado anualmente.

O Instituto Rio Branco foi fundado em 1946 e é responsável pela seleção e treinamento dos diplomatas brasileiros, que trabalharão no Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: G1