Concursos estão previstos no orçamento de THE em 2014

Para o ano de 2014, a Lei Orçamentária Anual (LOA) prevê receita superior a R$ 2 bilhões

Os primeiros concursos previstos são para duas novas carreiras públicas criadas no âmbito do serviço público municipal, a de analista de gestão pública (05 vagas) e analista de orçamento (05 vagas) para SEMPLAM. Além destes novos a Secretaria também pretende abrir mais 06 vagas para técnico do tesouro.

Vários outros setores da prefeitura também vão realizar concurso para este ano. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos SEMAM vai abrir 05 vagas para analista ambiental. Para a Secretaria de Educação estão previstas 200 vagas de professor.

Teresina terá orçamento de mais de 11 bilhões

O orçamento da Prefeitura de Teresina nos próximos quatro anos está estimado em 11,3 bilhões de reais de acordo com o que foi apresentado no seminário de apresentação do Plano Plurianual -PPA 2014-2017 e Lei Orçamentária Anual ? LOA 2014. O evento ocorreu na manhã de ontem no Auditório da Secretaria Municipal de Finanças no Palácio da Cidade.

Esclarecendo pontos do orçamento, palestraram o secretário de planejamento Washington Bonfim, o secretário executivo de planejamento, Francisco Canindé e a economista da secretaria Elizabeth Soares.

De acordo com o secretário Washington Bonfim, a maior parte do orçamento é destinada ao custeio com educação e saúde. Dos 11,3 bilhões do PPA 2014-2017, cerca de 4,2 bilhões serão usados com educação e saúde. Já com modernização e planejamento pessoal serão usados 3,5 bilhões deste dinheiro. Os investimentos da Prefeitura serão na ordem de 2,5 bilhões nos próximos 04 anos.

Francisco Canindé explicou como vai se dar o exercício financeiro em 2014. De acordo com o que foi exposto, a receita total estimada e despesa fixada são de R$2.498.851.424,00.

Segundo Canindé isto representa um aumento de quase 25% com relação ao ano de 2013. Deste número, apenas 1.016.101.608,00 compõe o Tesoouro municipal. O restante, 1.482.749.816,00 são receitas que advém de outras fontes foram responsáveis pelo crescimento da receita total.

Partindo destes números, Canindé fez um apelo aos secretários presentes para que a equipe de gestão evitasse ao máximo realizar suplementações no orçamento municipal. ?Só suplementar suplementar se for estritamente necessário. Temos que ter muito cuidado com isso?, destaca o secretário executivo da Secretaria Municipal de Planejamento (SEMPLAN).

O secretário Washington Bonfim alertou que em 2013 houve 124 suplementações. Agora no primeiro ano exercício financeiro da atual gestão, a meta é que haja redução substancial deste número.

Canindé também observou que as despesas de custeio tem um maior impacto na LOA -2014. Ele também apontou que os gastos com pessoal tem um peso significativo no na LOA deste ano. Da receita total o gasto com pessoal equivale a 957.986.490,00.

Deste número 57,7% têm origem em recursos próprios, um total de 553.447.662,00. Destes recursos as despesas com o pessoal da saúde equivalem a 302.504.646,00. Isso representa 54,65% do total de gastos com funcionários.

O evento foi encerrado por Elizabeth Soares explicando os conceitos e orientações sobre controle e acompanhamento de execução da execução orçamentária. No plano plurianual estão previstos 30 programas, 152 metas, 396 iniciativas e 553 ações orçamentárias.

Os eixos temáticos são produtividade econômica (Teresina de oportunidade), qualidade de vida (Teresina Criativa), inclusão social (Teresina de Direitos), sustentabilidade ambiental (Teresina sustentável) e governança (Teresina eficiente).

Fonte: Vicente de Paula