Concursos mais cobiçados para 2012 tem salários de até R$ 19 mil

Oportunidades em concursos para carreiras cheios de glamour e salários atraentes

O Ministério do Planejamento anuncia novas autorizações, e as expectativas de boas chances de emprego em 2012 só aumentam. Para especialistas, o ano que vem repetirá o que se viu em 2008 e 2009, com uma grande quantidade de vagas oferecidas e oportunidades em concursos para carreiras cheios de glamour e salários atraentes.

As seleções mais cobiçadas são as das carreiras de Estado, aqueles que são consideradas as mais importantes do serviço público, que exigem nível superior e contabilizam concorrências acima da média dos demais processos seletivos. Um dos concursos mais esperados seráo da Polícia Federal, cujo edital está previst o para o mês de janeiro.

Advogado da União: R$ 19 mil

Os advogados da União representam o Poder Executivo juridicamente, especialmente nas ações que venham a gerar danos ao erário. O cargo exige graduação em Direito, registro na OAB e dois anos de práticas jurídicas. Eles atuam dentro dos órgãos e entidades da administração direta (ministérios, por exemplo) e indireta (empresas públicas).

Próximo concurso: A próxima seleção já foi autorizada em novembro para 68 postos. Além disso, tramita no Congresso um projeto de lei (PL 7.580/10) que cria 560 oportunidades que serão divididas em dois concursos. A proposta está na Comissão de Constituição e Justiça e foi aprovada em redação final. Concurso anterior: o último processo seletivo para o cargo ocorreu em 2008, quando foram ofertadas 86 vagas. O Cespe foi o organizador do concurso. Remuneração: Inicial: R$ 14.970; Final: R$ 19.451

Auditor do Trabalho: R$ 19 mil

Os auditores-fiscais do Trabalho têm carreira própria e estão vinculados ao Ministério do Trabalho. São responsáveis pela fiscalização das relações de trabalho para reduzir os índices de informalidade, garantir os direitos trabalhistas, a segurança e a medicina do trabalho. Asseguram os acordos entre os patrões e os empregados, entre outras funções. Como requisito de escolaridade para ocupar esses cargos está a graduação em qualquer área. Próximo concurso: é esperado para o início de 2012 o concurso para preenchimento de 600 vagas neste cargo.

O Ministério do Trabalho já demonstrou ao Planejamento a necessidade de aumento na quantidade de profissionais. Concurso anterior: o último concurso público para o cargo ocorreu em 2009, organizado pela Esaf. Foram oferecidas 234 vagas imediatas. Remuneração Inicial: R$ 13.600; Final: R$ 19.451.

Fonte: Portal Meio Norte, www.meionorte.com