Confira 6 erros que não devem ser cometidos no currículo

Erros de português e e-mail com apelidos são os maiores problemas

O currículo é a 'cara' do profissional quando ele se apresenta para recrutadores e gestores de RH, por isso a primeira impressão deve ser muito boa, já que ele não terá uma segunda chance para se apresentar.

O que separa os candidatos que conseguem diversas entrevistas dos que não têm o currículo analisado? Pequenos erros no currículo como e-mail com apelidos e problemas de português podem prejudicar, e muito, a busca por uma nova oportunidade.

A World Economic Forum listou 6 erros que não devem ser cometidos no currículo. Veja a lista:
Veja 6 erros que não devem ser cometidos no currículo (Foto: Reprodução)

A carta de apresentação montada especificamente para determinado cargo pode ser um dos melhores instrumentos para mostrar o potencial do candidato para o recrutador. Quem não faz isso, acaba perdendo a oportunidade de se destacar entre tantos currículos.

Antes de se inscrever, o candidato deve reservar um tempo para fazer a carta de apresentação. Isso mostra ao recrutador que o profissional realmente está interessado na vaga e leva o processo seletivo a sério.

Não há nada de errado em ser chamado por um apelido e até ter um e-mail com ele. Mas na hora de enviar um currículo, o profissional deve ter um endereço mais formal, com nome e sobrenome. O e-mail com apelido pode ser usado para o restante das tarefas.

Qualquer tipo de erro de português no currículo representa um grande problema. Para os recrutadores, quem a procura por um emprego a sério não pode cometer esse tipo de erro.

O profissional que coloca tudo o que fez na vida no papel corre o risco de ter um currículo incompreensível. Além disso, os recrutadores querem saber como o candidato poderá ajudar a empresa atuando no cargo em questão.

Antes de encher o currículo com diversas informações, o profissional deve se perguntar se ela será relevante para a vaga pretendida.

Enviar um currículo padrão para todas as oportunidades é uma das piores opções durante a busca por uma vaga de trabalho. Cada emprego é diferente e cada empresa possui sua cultura.

Portanto, é importante que candidato pesquise sobre a empresa e o perfil específico da vaga desejada para tentar adequar seu currículo, mostrando suas habilidades e como sua experiência vão de encontro ao que a empresa busca.

Todos os currículos selecionados têm uma coisa em comum, eles respondem a pergunta "o que você quer alcançar na sua carreira que o distingue do resto da multidão?".

Quem está escrevendo somente as responsabilidades de trabalho no currículo, não responde a pergunta citada acima. Mostrar as funções já cumpridas podem ser suficientes por um determinado período, mas o que ajuda o candidato chegar ao final do processo seletivo são as suas realizações.

Um ótimo currículo pode abrir portas, já um currículo mal feito pode fechar muitas outras.

Fonte: g1