Correios preparam concurso para níveis médio e também superior

Correios preparam concurso para níveis médio e também superior

O novo edital abrirá vagas para candidatos de níveis Médio e Superior

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos ampliará seu quadro de pessoal, por meio da abertura de um novo concurso. Serão preenchidas vagas imediatas e formado cadastro de reserva.

De acordo com a assessoria da empresa, o novo edital abrirá vagas para candidatos de níveis Médio e Superior, mas todas as definições necessárias (cargos, lotação, quantitativo e regras) ainda está em fase de conclusão. É provável que o edital seja publicado ainda no primeiro semestre de 2014, mas não há dados oficiais a respeito, tanto que até o momento ainda não foi oficializada a organizadora.

O novo concurso deverá contemplar localidades e cargos para os quais já não há cadastro de reserva disponível. Como acontece tradicionalmente na estatal, deverão ser priorizados os postos de nível médio (operacionais, por excelência), a exemplo de atendente comercial, carteiro e operador de triagem e transbordo.

Também serão abertas oportunidades para o nível superior, embora as especialidades ainda não tenham sido informadas. Se prevalecer a tendência do certame de 2011, é possível que sejam providos cargos como enfermeiro do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho e médico do trabalho.

Existe a expectativa de que a empresa preencha algo em torno de 9,9 mil vagas, mas nem todas necessariamente seriam preenchidas ainda em 2014. A remuneração dos novos funcionários dos Correios deverá ficar entre R$1, 8 e 4,6 mil mensais e, por enquanto, uma das melhores maneiras de iniciar os estudos é utilizando o programa da seleção de 2011.

Com base no certame anterior, lembramos aos candidatos que o concurso dos Correios cobra em suas provas matérias como Língua Portuguesa, Informática, Inglês, Administração Pública, além de conteúdos específicos. Na segunda fase, os candidatos a carteiro e operador de triagem e transbordo passam por avaliação física.

Fonte: r7