Defensoria Pública de SP abre concurso para 163 vagas

Cargo é de oficial, para salário de R$ 1.160 e 40 horas semanais.

Defensoria Pública do Estado de São Paulo

Inscrições

De 28 de dezembro a 18 de janeiro

Salário

R$ 1.160

Vagas

163

Taxa de inscrição

R$ 52,37

Prova

28 de fevereiro

A Defensoria Pública do Estado de São Paulo publicou edital, nesta quinta-feira (24), no Diário Oficial do Estado para preenchimento de 163 vagas para oficial da defensoria. Segundo o edital, há reserva para portadores de deficiência. Para poder concorrer ao cargo é preciso ter ensino médio completo e carteira nacional de habilitação (categoria mínima B). As vagas são para a capital, região metropolitana e interior. O salário é de R$ 1.160 para 40 horas semanais de trabalho.

As inscrições estarão abertas das 10h de 28 de dezembro de 2009 às 14 horas de 18 de janeiro de 2010 (horário de Brasília) e deverão ser feitas pela Internet, no site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do concurso. Para isso, é necessário pagar a taxa de inscrição de R$ 52,37.

Pode pedir isenção de taxa o candidato que comprovar ser doador de sangue com, no mínimo, três doações em 12 meses. Estudantes regularmente matriculados têm direito a 50% de desconto. O candidato pode pedir isenção ou redução do valor até As 14h de 4 de janeiro de 2010. Os requisitos para fazer este pedido estão previstos no edital.

A prova está marcada para 28 de fevereiro de 2010 e será realizada no Estado de São Paulo, nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Jundiaí, Marília, Mogi das Cruzes, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba e Taubaté.

O concurso público terá validade de dois anos poderá ser prorrogado por igual período.

Fonte: AE