DF: Defensoria Pública faz divulgação da concorrência do concurso público

O concurso é válido por dois anos, a contar da data de homologação, podendo ser prorrogado por igual período.

Apesar de ainda constar no edital de abertura do concurso da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), que as provas serão realizadas no dia 21 de abril (uma segunda-feira e feriado em Brasília), a Fundação Getulio Vargas divulgou a concorrência do certame. Foram registrados, aproximadamente, 599 candidatos por chance imediata do concurso para analista de apoio à assistência jurídica. São 15 chances efetivas e 45 para formação de cadastro reserva. Segundo a banca organizadora, a Fundação Getúlio Vargas (FGV), 8.994 postulantes se inscreveram no certame.

Entramos em contato com a organizadora por meio de sua central de atendimento e até o fechamento da matéria não tinha previsão quanto a alteração da data dos exames.

A seleção será feita por meio de provas objetiva e discursiva. Serão exigidos conhecimentos em língua portuguesa, organização e princípios institucionais da DPDF, direitos constitucional, administrativo, penal, processual penal, civil processual civil, do consumidor e da criança e do adolescente.

Vinte por cento das vagas são destinadas a pessoas com deficiência. Para entrar na disputa o concurseiro precisa ter graduação em direito. O salário do posto é de R$ 5.241,22.

Fonte: CorreioWeb